Bem vindos!
Últimos assuntos
» Lista de Avatares
Ter Abr 21, 2009 9:56 am por Agnes Wilson

» Inscrições
Ter Abr 21, 2009 9:54 am por Agnes Wilson

» Os Clãs - vampiros
Sab Jan 17, 2009 8:28 pm por Alexandra Levaine

» Organização Omega e Caçadores Solitários
Sex Dez 26, 2008 6:05 pm por Julian Giovannih

» Tutorial para iniciantes
Sex Dez 26, 2008 5:36 pm por Sallen's Tales

» Fixo: A trama
Sex Dez 26, 2008 5:27 pm por Sallen's Tales

» fixo: Regras
Sex Dez 26, 2008 5:24 pm por Sallen's Tales

Administração
ADMINISTRAÇÃO
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Destaques
--DESTAQUES--

Fixo: A trama

Ir em baixo

Fixo: A trama

Mensagem  Sallen's Tales em Sex Dez 26, 2008 5:27 pm

A trama.... tongue


Esta minha criança. É a longa noite. A idade da razão foi abandonada e esquecida. A idade e os impérios foram afogada em sua própria iniqüidade. Esta é a idade das trevas.
Observa minha criança, os locais selvagens e sombrios, onde não existe lei a não ser garras e sangue. Contempla minha criança, as cidades humanas onde podemos ser os senhores quando o sol se esmaece e morre.
Mas cuidado minha criança, com teus inimigos eternos. Com os selvagens metamorfos, que caçam como lobos. Com os cavaleiros do fogo e da espada e os caçadores de bruxas. Com as crias flamejantes do próprio inferno.
Mas acima de tudo minha criança. Cuidado com o teu semelhante, pois nos sempre seremos nossos maiores inimigos. Esta minha criança é a longa noite. Ela é tua.




Florestas eram predominantes com suas magníficas árvores e clareiras intocadas, e entre elas se perdiam cidades e reinos. Povoavam o mundo afora, principalmente na era antiga, quando tudo era resolvido entre espadas e escudos. Mas nem todos agiam a cerca desta conduta. Em uma floresta afastada de tudo e todos, localizada longe dos reinos e feudos, intocada e completamente envolta por florestas, o tempo sempre permanecia ruim. As tempestades torrenciais e neblina constante afastavam todo e qualquer viajante corajoso. Mergulhado nas profundesas dessas florestas, um pequeno vilarejo de camponeses repousava. Era um local pacato, onde seus moradores levavam suas vidas calmamente. Sangue nunca era derramado! Mas como sempre o destino sempre reserva surpresas para vilarejos desprotegidos. Em um lugar muito distante dali, mas preciosamente nos confins da Inglaterra, onde a guerra era desumana entre a Espanha e sua rainha, uma familia de cavaleiros liderada até então pela glória e honra recebeu o direito de tomar uma terra em seu nome, um lugar afastado como mérito por lutar bravamente em nome de sua rainha, vencendo finalmente a Espanha naquela guerra sangrenta.


Com a esperança renovada e homens a seu comando o grande General Klaus marchou por d
semanas a fino sobre grandes garanhões negros em busca da terra prometida. Achando finalmente um lugar com terra prospera, localização promissora e protegida pelas montanhas, o mal tempo afastava curiosos e tudo o mais, um lugar útil. Apenas por uma problema. Já era povoado! Como guerreiros sem coração que a batalha os transformou os valentes guerreiros da Rainha batalharam por dias e noites matando todos aqueles que não queriam sucumbir ao pergaminho que nomeava o General o verdadeiro dono d lugar. Gritos e sangue mancharam aquela terra ate que finalmente as casas foram queimadas e os corpos enterrados sem nem ao menos o direito a uma cruz cristã em seus túmulos eternos. Mais cavaleiros foram enviados para o lugar após os vestígios da guerra insana ter sido devidamente apagados e toda e qualquer historia ser deletada daquela mata escondida! Uma nova cidade foi erguida pelos antigos moradores fadados a serem submissos aos homens de armadura reluzente. E um gigantesco labirinto foi erguido na intenção de esconder as armas registros imperiais e túmulos antigos. Aquele lugar fedeu a morte por décadas ate que as gerações futuras esqueceram o que fizeram e o que seu sangue proclamou a aquele lugar...

Séculos passaram e a cidade prosperou mas seu passado tristes e sangrento foi esquecido, mas seus terrenos manchados ainda fediam a sangue, criaturas do mal foram atraídas para aquela terra amaldiçoada, seres que deveriam existir pela eternidade apenas trancafiados em palavras de contadores de historias, mas eles os monstros que bebiam o necta da eternidade retirado dos humanos abdicaram aquele lugar. Fazendo que, apesar de indesejados, se tornarem parte daquelas paredes. Mostres, guerras, desaparecimentos e muito mais sangue foi derramado. Mas como antes o espírito assassino daqueles lideres veio a tona pulsando em suas veias e para conter aquelas mortes insanas para ambos os lados um trato foi assinado.

Finalmente o pacto entre o líder dos antigos demônios e o ser mais perverso que poderia caminhar por aquelas terras foi feito. Cecille o anjo negro e maldito que topou manter o trato e cuidar da cidade que fedia a morte com seu reino. Uma batalha injusta para o lado humano, mas ainda assim vampiros morriam. Ela também perdia! E tal pacto reinou por mais alguns séculos, a cidade viveu em quase paz atraindo mais seres daquela especie, mas estes viveram em paz. Matando apenas a floresta que se reproduzia velozmente não causando mais danos.

Mas nem todos daquela raça maldita eram bons e finalmente sua pior especie veio aos terrenos de Sallen como que fossem atraídos pelo cheiro da morte! E mataram sem piedade... A guerra estava se aproximando, ninguém mais caminharia em segurança, não existia inocência naquele lugar. Tudo acabaria com um nascer de sol, mas restava saber... Qual deles?

[falta alguns detalhes ]



Bem vindo a Sallen's Tales.... Onde os seus pesadelos se tornam realidade.
avatar
Sallen's Tales
Admin

Mensagens : 32
Data de inscrição : 26/12/2008

Ver perfil do usuário http://sallen.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum