Bem vindos!
Últimos assuntos
» Lista de Avatares
Ter Abr 21, 2009 9:56 am por Agnes Wilson

» Inscrições
Ter Abr 21, 2009 9:54 am por Agnes Wilson

» Os Clãs - vampiros
Sab Jan 17, 2009 8:28 pm por Alexandra Levaine

» Organização Omega e Caçadores Solitários
Sex Dez 26, 2008 6:05 pm por Julian Giovannih

» Tutorial para iniciantes
Sex Dez 26, 2008 5:36 pm por Sallen's Tales

» Fixo: A trama
Sex Dez 26, 2008 5:27 pm por Sallen's Tales

» fixo: Regras
Sex Dez 26, 2008 5:24 pm por Sallen's Tales

Administração
ADMINISTRAÇÃO
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Destaques
--DESTAQUES--

Inscrições

Ir em baixo

Inscrições

Mensagem  Sallen's Tales em Sex Dez 26, 2008 5:39 pm

Antes de postar sua inscrição, certifique-se de ter lido todas as regras e informações sobre clãs, trama e etc.
Você só poderá jogar depois de postar sua inscrição.
Pedimos também, para explicar muito bem a história e o psicológico de seu personagem, principalmente vampiros que pretendem entrar em um clã, para não errarmos na escolha. Para caçadores, certifique-se de explicar se ele é solitário, ou Omega, e por que, naturalmente.

Ficha de Inscrição.


Dados do player

Nome:
E-mail (hotmail):
Idade:
Cidade:
Como conheceu Sallen's Tales:

Dados do personagem

Nome completo:
Idade:
Raça (vampiro ou caçador):
Nacionalidade:
Avatar:

Características psicológicas:
Características físicas:


Historia:


[- Para vampiros, responder também - ]

Idade aparente
Como foi transformado:
Comportamento:
É anarquista, ou prefere entrar para um clã?
Se prefere um clã, qual acha que seu personagem melhor se encaixa? (não garantimos que seu personagem irá para o clã que você gostaria, por isso, pedimos para explicar o máximo possível sobre ele, para que possamos tomar uma decisão justa).

----
Essa é a ficha de inscrição básica, se você quiser pode adicionar mais informações.

Pronto, aguarde, logo seu personagem estará selecionado para um grupo (clãs, caçadores, omega, anarquistas) e você poderá jogar! Não se preocupe, a adm é formada por nerds que vivem no pc, então, será mais rápido do que você pensa ^^v




Última edição por Sallen's Tales em Dom Dez 28, 2008 11:40 am, editado 1 vez(es)
avatar
Sallen's Tales
Admin

Mensagens : 32
Data de inscrição : 26/12/2008

Ver perfil do usuário http://sallen.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aly ^^

Mensagem  Alycia Giovannih em Sab Dez 27, 2008 5:38 pm

Ficha de Inscrição.

Dados do player


Nome: Jen
E-mail (hotmail): Jenfimaria@hotmail.com
Idade: 16
Cidade: Olinda-Pernambuco
Como conheceu Sallen's Tales: criação

Dados do personagem




Nome completo: Alycia Jeane Giovannih
Idade: 17 anos
Raça (vampiro ou caçador): Humana/caçadora.
Nacionalidade: Nativa de Sallen
Avatar: Hanna Beth

Características psicológicas:


Personalidade forte, única, poderosa, rígida com seus desejos, idealista, explosiva, excêntrica, orgulhosa, astuta, estranha, confusa, agitada entre outros adjetivos que a definem como ninguém. Aly é uma típica adolescente e é por natureza impaciente, desmedida e agressiva. È direta, franca e rude. Agitada e gosta de inovar sempre, prepotente e viva, gosta de correr e agir, inventar e seu maior passa-tempo. Odeia regras, normas e comandos. É livre e leal a quem ama. Uma leoa na hora de defender o que gosta, espírito livre e guerreiro ao mesmo tempo inocente e fugas. Doce quando quer, mas venenosa nas horas próprias e quase sempre raivosa. Quebrar o que lhe foi dito é quase que costume irremediável. Adora o impossível. Interessante, bonita e principalmente INDEPENDENTE.


Características físicas:


Baixinha, 1,59 centímetros, rápida, corpo razoavelmente forte, treinada, rápida, delicada, cabelos longos, olhos claros, boca desenhada, tem uma tatuagem na nuca (uma cruz).


Historia:




Nasceu prematura, com sete meses e o que resultou na morte de sua mãe (Alexia Giovannih). Foi então privada de todo o carinho que apenas uma mãe poderia lhe fornecer. Mas isso não alterou muito o gênio da garotinha que aos sete anos já era mestre em algumas artes corporais como lutas e danças que facilitam sua flexibilidade. Também se deve levar em consideração seu peculiar talento para armas de fogo, uma mira assustadora! Aly,como prefere ser chamada, não é flor que se cheire, na verdade uma rosa única e venenosa... Pétalas macias que escondem espinhos fatais.

Desde nova foi forjada para a batalha, afinal herdaria o império Giovannih quando o pai viesse a falecer... Mas aquela corporação não se tratava se uma simples empresa milionária. O buraco sempre é mais embaixo a corporação tratava-se de um tipo de caçadores de vampiros. Algo para manter a ordem na pequena cidade. Seu pai Julian atual chefe da organizarão sempre foi muito rigoroso e astuto. O sorriso prepotente estampado na face escondia perfeitamente o temperamento gélido do homem que criara uma pequena maquina de matar como filhinha mimada.

Mestre em artes macias, armas brancas e armas de fogo a garotinha de expressões finas, pele pálida e cabelos escuros não é uma donzela indefesa que chora quando sangue espirra em sua face. Pelo contrario é normal que o sangue espirrado seja causado por ela mesma. Assassina rígida e calculista, mas delicada e confusa nas horas vagas.

Poucos sabem o que se passa naquela cabecinha estranha. Ela sempre agi como uma simples adolescente confusa com todas as duvidas que surgem com o passar das horas, mas enquanto luta coloca uma mascara de porcelana impenetrável. Luta pela organização e o bem da cidade desde os 13 anos, apesar de não concorda em nada com as regras do lugar. Porque os que deveriam ser protegidos eram apenas o que podiam arca com os custos? Só por que pessoas eram de uma situação financeira restrita não significava que não mereciam ajuda e proteção! Aly dançava conforme a própria musica, protegia quem merecia ser protegido. Desde um pobre flagelado a uma riquinha mimada, bastava lhe pedir com delicadeza.

Direta e persuasiva, nunca perdeu realmente uma batalha apesar de não ter matado todos os vampiros que enfrentou, julga antes de deferir o golpe fatal. Todo ser vivo merece uma segunda chance. Vampiros não eram diferente. Seres que pensam sentem e tem um coração não podem ser de todo e completo mal. Então não custaria dar-lhe a chance de tentar. Decidida e irônica, odeia regras e mantê-las é quase um sacrilégio, adora fugir da batalha, nega-se a ser controlada, odeia ser domada e principalmente acha a rotina algo deplorável.
Hoje em dia, a garotinha com 17 anos e confusa, perdida na maioria das horas, mas que não deixa de lado suas armas de estimação caminha pelas ruas escuras daquela cidade efetuando sua obrigação de manter a ordem... Mas quanto isso ira durar???


Peculiaridades:



Cores favoritas: vermelho, azul, verde, roxo e preto.

Frase: Se for para ser. Que o seja JÁ!!!!

Manias idiotas :
- Morder os lábios quando entediada ou nervosa.
- Tamborilar os dedos em qualquer coisa para passar o tempo.
- Apelidar tudo e todos só para ser mais engraçado.
- Falar sozinha para refletir.
- Treinar na floresta durante o por do sol.



Especialista em:
- karatê
- Taekwondo
- Kung fu
- Espadachim




Especialidades idiotas.
- Faz massa como ninguém
- È ótima em dança do ventre
avatar
Alycia Giovannih

Mensagens : 21
Data de inscrição : 27/12/2008
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Julian ¬¬

Mensagem  Julian Giovannih em Sab Dez 27, 2008 8:24 pm

Ficha de Inscrição.




Dados do player

~~O mesmo da Alycia~~


Dados do personagem




Nome completo: Julian Klaus Giovannih
Idade: 48
Raça (vampiro ou caçador): Humano/caçador
Nacionalidade: Nativo de Sallen
Avatar: George Clooney

Características psicológicas:



Firme, nobre, vivo, autoconfiante, honesto ate certo ponto, criativo, extrovertido e consciente de seus direitos, Serio, recatado, arrogante, autoritário... um homem firme como poucos, é inconstante, mas nasceu para mandar, governar e dominar. Tem um senso de justiça apesar de ser egocêntrico. Julian é muitas vezes rude, mas sabe se conter nas horas necessárias. Profissional, altivo e independente. São características herdadas do seu pai e que cultiva com muita honra.



Características físicas:


Alto. 1,87 centímetros. Cabelos grisalhos, olhos achocolatados, postura imponente, corpo malhado, sorriso irônico e voz grave.


Historia:


Nasceu na cidade de Sallen's onde vive desde sempre governando ao lado de seu pai (falecido a 19 anos). Julian sempre viveu naquele meio de sangue e batalhas Tornando-se um homem severo e sofrido. Como todo humano ele tem seus defeitos, mas esses quase não são aparentes. Sentimentos eram banidos de sua presença, deixando-lhe a única opção de ser forte. Foi isso que ele se tornou. Paixão e caricias só foram experimentadas por um curto tempo de vida... Seu casamento feliz que durou 5 anos com Alexia. Perdeu o ente amado em um parto sofrido. A vida foi cruel, deu-lhe sua menininha e tirou-lhe seu amor. Apesar de ser um homem irônico com suas piadas em horas impróprias entre outras qualidades estranhas. Ele sempre esta confiante de seus atos e escolhas o que facilita bastante em manter a vida intacta.

Sendo o magnata da cidade sempre esboçar um sorriso gentil, mesmo que falso e irônico. Precisa manter aparências, demonstrar controle e poder. As organizações em muitos anos nunca tinha ruído, pois sempre foi mantida por grandes homens. Não seria diferente agora. O mundo já não era um lugar seguro para humanos indefesos. Ao menos não naquela pequena cidade.

O pacto da aliança ruiu e as terras haviam sido tomadas, sua única alternativa seria coagir os malditos vampiros. Matá-los sem piedade, exterminá-los de uma única vez... E esse era seu plano se não fosse tão difícil. Criaturinhas repugnantes, mas ainda assim espertas. Permaneciam com o pacto apenas por aparência para que nada muito perigoso fosse solto em seus domínios. Mas agiam por baixo dos panos... Julian era obrigado a por seus homens nas ruas, obrigado a manter-se alerta e agir encoberto pelo manto negro da noite. Só assim conseguira manter ao menos um pouco de ordem na cidade isolada. Mas sempre a problemas... À noite eles eram mais fortes. O que se tornava cada vez mais difícil. Julian não saia mais à casada, não atrás de peixes pequenos! Então mandava para o covil de monstros seus melhores. Entre eles, sua menininha. Mas era o grande chefe, não poderia mimar sua garota... Ela era uma das melhores. E que Deus a protegesse...

Com o passar dos anos Julian notou que seu medo não seria mais com sua garota, Aly sabia se cuidar melhor do que qualquer um. Era um espírito indomado e as preocupações do líder Omega se estendiam a caminhos diferentes dos dela. Ele tinha uma mansão/forte para manter em pé, guardas para manter vivos. Pessoas para manter salvas. E um filho a procurar. Sim! O curto porem feliz casamento rendeu dois frutos. Dois guerreiros notáveis, mas o mais velho (Juan) desapareceu há anos, deixando naquele velho homem uma dor descomunal no peito. Qual homem suportaria ter um filho desaparecido em meio a uma guerra maçante.

Um guerreiro cansado de segurar suas armas, mas com muitas glorias a serem conquistadas. Ele tinha que manter seu reinado, e que isso durasse por longos anos... Ao menos que a guerra acabasse e sua familia estivesse mais uma vez segura ou o que restou dela.



Peculiaridades:


Cores favoritas: preto, azul, cinza, e branco.

Frase: O segredo do sucesso eu não sei, mas o mistério do fracasso é tentar agradar a todos.

Manias idiotas:

-Jogar xadrez
-Ler dicionários em outras línguas.
-Tomar café fazendo barulho.
-Não perde um jogo de Futebol.
-Vivi com uma enciclopédia na cabeceira. .




Formação acadêmica:

-Faculdade de direito e Filosofia
-PHD em comportamentos humanos. .



Especialista em:
- karatê
- tiro ao alvo
- Hipismo.
- Arco e flecha.




Especialidades idiotas:
- sabe decorada a enciclopédia mundo de trás para frente.
- cozinha muito bem.
-decorou as constelações.
-Sabe piadas idiotas de cabeça. E não se preocupa em usá-las nos momentos quase sempre errados. .
avatar
Julian Giovannih

Mensagens : 3
Data de inscrição : 26/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Oliver

Mensagem  Oliver West em Sab Dez 27, 2008 9:16 pm

Ficha de Inscrição.


Dados do player

Nome: Tiago
E-mail (hotmail): tiago.rochadel@hotmail.com
Idade: 18 anos
Cidade: Porto Alegre - RS
Como conheceu Sallen's Tales: criação

Dados do personagem

Nome completo: Oliver Esmond West
Idade: 177 anos
Raça (vampiro ou caçador): vampiro
Nacionalidade: americano/mexicano
Avatar: Alex Pettyfer

Características psicológicas:

Oliver é naturalmente idealista, otimista, aventureiro, inteligente, esperto, levemente irônico e educado. Seus maiores defeitos são o orgulho e a teimosia. Ele é muito calmo, sabe pensar com o emocional e o racional. Seu pior lado aparece quando lida com caçadores - ele odeia caçadores com todas suas forças - Eles são arrogantes, prepotentes e se acham os donos da verdade. Quando está na presença de um deles, torna-se completamente irracional, agindo por puro instinto, seu humor irônico e sábio, passa à doentio e sarcástico, sua calma e paciência se esvaem por completo, e tudo o que sobra é um ser irritamentemente arrogante. É um tanto melancólico, pois acha muito errado matar humanos, e não consegue evitar, é religioso, o que ajuda para que se sinta pior ainda em relação à isso.

Características físicas:

1,78m, cabelos loiros que vivem bagunçados, olhos entre o mel e o verde, depende da iluminação. Tem o nariz fino e dedos finos e longos. Como se alimenta de sangue humano, sua beleza natural de vampiro é evidente, olhos e cabelos brilhantes, pele pálida e gelada e olheiras leves. Tem uma cruz tatuada no peito.



Historia:

Nascido em 13 de dezembro de 1831, na Califórnia, na época, o local fazia parte do México, o que faz dele, tecnicamente mexicano, acho. Filho de Esmond West, descendente de imigrantes ingleses, que deixou a família em Nova Iorque para se aventurar no oeste em busca do ouro das minas da terra dourada, mas que acabou encontrando outra coisa ao invés disso, o que para ele, era melhor do que qualquer tesouro. Isabel Gonçalves Cortez, que também abandonara a família que vivia na Cidade do México, para conhecer as oportunidades do oeste.

Esmond e Isabel moravam em uma pequena cidade, típica de histórias de faroeste. Ele trabalhava no banco da cidade, e ela, era ótima em cozer, bordar e fofocar com as vizinhas. O melhor amigo da família, era o padre da capela local, padre José, que constantemente era convidado para o jantar.

Esmond e Isabel foram assassinados em um assalto em 1839, quando Oliver tinha oito anos. Muito tempo já se passara desde então e ele não lembra de seus pais. A única pessoa que se recorda de ter tido como família, foi aquele que o acolheu quando ficara órfão, Padre José.

O padre era muito diferente do estereótipo que se possa imaginar, ele era divertido, culto e inteligente. Sua casa tinha livros por todos os lados. Como vinha de uma família já muito católica, não foi difícil para Oliver se habituar com a rotina do padre, ele até gostava e sua fé era algo que orgulhava o velho padre.

Ele foi transformado em vampiro na noite de 25 de novembro de 1849, com 17, quase 18 anos, em uma espécie de briga de rua, da qual ele não imaginava com que criaturas estava se metendo. Assim que pôde, buscou ajuda do padre, achando que tinha pego alguma doença, ou coisa assim. Mas padre José sabia exatamente o que estava acontecendo, ainda que fosse difícil para ele acreditar. Como eu disse, era um homem muito culto e costumava dizer que “todo conhecimento do homem tem algum valor, e nós devemos decifrá-lo, ainda que discordemos”. Até mesmo livros que duvidavam de suas crenças eram guardados por ele. Ele sabia o que tinha acontecido com Oliver.

O rapaz não aceitou a mudança muito bem, e ao contrário do que se possa pensar, padre José foi a pessoa que mais o ajudou.
- Mas, como eu vou viver assim?! Você não entende, eu sou uma aberração! Eu olho pra você e posso jurar que sou capaz de ouvir seu coração pulsando e sentir o cheiro do seu sangue! Eu tenho vontade de matar você, assim como qualquer outro humano que passar na minha frente!
- Oliver, meu filho - disse o padre calmamente, como sempre fizera -, será que não lhe ensinei nada? Você não pode ir contra os planos de Deus. Essa é a vontade Dele, e você terá que ser forte. Não se esqueça que Deus escreve certo por linhas tortas.
O rapaz ficou em silêncio, não tinha coragem de contestar aquele homem, e preferia acreditar que ele estava certo, ainda que pela primeira vez estivesse tendo dúvidas sobre sua fé.

Oliver não saia mais na rua durante o dia. Enquanto o padre viveu, sempre o ajudou e tentava impedi-lo de matar humanos, mas Oliver nunca teve tanta força de vontade, ainda que desejasse com todas as forças, era impossivel lutar contra aquele desejo. Ele se alimentava de animais a maior parte do tempo, mas não foram raras as ocasiões em que se descontrolou e acabou fazendo o que mais repudiava em seu novo ser. Padre José, obviamente, sempre fora informado de tudo.

Depois da morte do padre, por causas naturais, Oliver resolveu sair da cidade, conheceu alguns lugares que sempre desejara conhecer. Até que ouviu falar de uma pequena cidade habitada por três clãs de vampiros e uma organização de caçadores, onde um certo pacto "protegia" ambas as espécies. Ele não tinha nada melhor pra fazer e a idéia pareceu interessante, desde então mora em Sallen, digo, não "mora", pois não tem endereço fixo, é um anarquista que realmente gostaria de entrar para o clã Calaham, mas sabe que não é forte o bastante pra isso.

Oliver odeia caçadores. O que é um pouco hipócrita e idiota, se você pensar bem, considerando que acredita que vampiros são seres que nem deveriam existir. Talvez os odeie tanto por que os inveja, são humanos que livram o mundo de um mal terrível, de seres malignos e perversos, seres como ele.



Informações de Vampiro

Idade aparente: 17 anos
Como foi transformado: Em uma briga de rua, tentou impedir que dois homens "atacassem" uma jovem. Obviamente, não sabia que eram vampiros.
Comportamento: Alimenta-se de animais, mas não resiste ao sangue humano por muito tempo.
É anarquista, ou prefere entrar para um clã? Anarquista

Mais informações:

- Ele tem um pequeno crucifixo de madeira que vive em seu pescoço e chama um pouco de atenção, pelo fato de ser um vampiro.
- Adora mapas.
- Fala inglês, espanhol, latim e italiano muito bem, razoalvelmente português, francês e romeno. É comum soltar alguma expressão em um idioma incompreencível em momentos extremos. Os idiomas que mais gosta são o espanhol e o latim. Qualquer idioma que fale, sempre tem um leve sotaque espanhol.

Informações off:

- Foi inspirado no personagem "Noturno" do filme X-men e na sugestão da Gah de manter a dúvida sobre divindades no jogo... Longa história.
- O autor não entende nada de cristianismo... o que faz dele um louco adepto ao google e wikipédia. Sério.





avatar
Oliver West

Mensagens : 22
Data de inscrição : 27/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Theodore

Mensagem  Theodore Calaham em Dom Dez 28, 2008 6:47 pm

Ficha de Inscrição.

Dados do player


Nome: Aiko Ledger
E-mail (hotmail): aiko-samiya@hotmail.com
Idade: 17 anos e 13 meses
Cidade: Porto Alegre
Como conheceu Sallen's Tales: ahm... participando da criação? (o.O")


Dados do personagem


Nome completo: Theodore Thomas Calaham
Idade: ?? (nem ele lembra mais)
Raça: Vampiro
Nacionalidade: Grego, mas já viveu tanto que ninguém realmente sabe de onde ele é.
Avatar: Robert Pattinson


Características psicológicas:

Arrogante, mal-humorado, irritante, vive mergulhado no tédio. Os outros apenas o suportam por que é o líder do clã Calaham e a criatura mais inteligente do mundo. Por ser tão brilhante, Theodore acredita que ninguém jamais conseguirá acompanhar seu raciocínio, o que o deixa tão entediado. Ninguém jamais estará em seu nível. Ninguém é bom o bastante para ele. Calaham acredita que já fizera tudo de interessante que poderia fazer, e agora passa os dias jogado em uma poltrona de couro marrom, "filosofando", ou então, tocando flauta transversal. Não há um vampiro em seu clã que aguente mais o som da maldita flauta, entretanto, o que podem fazer a respeito? Eles não seriam nada sem Theodore Calaham.

Características físicas:

1,84m, cabelos castanhos claros/loiro escuro, corpo definido. Como é um Calaham, não se alimenta de humanos, o que faz com que seja muito mais fraco do que deveria, e exiba um aspecto de morto-vivo, o que, por algum motivo estranho, não o impede de ser lindo. Seus olhos, que outrora foram verdes, hoje são negros, opacos, sem vida e completamente vazios, devido à sua dieta, sua pele é pálida e gélida e suas olheiras, muito mais fundas do que o normal. Mas não se engane pela aparencia moribunda, Theodore é o vampiro mais antigo do mundo, mais inteligente e, se assim desejasse, poderia ser o mais perigoso - ao menos, é isso que ele acha - sabemos que quanto mais antigo é um vampiro, mais poderoso ele é, e,
apesar das limitações que são impostas às suas habilidades pela falta de sangue humano, apenas vampiros nascidos antes de 500 dC, mais ou menos, conseguem ser mais fortes do que ele. Quantos desses você conhece?

Historia


Hum... escrevi toda a história dele aqui, então, quem quiser saber tudo pode ir lá conferir. Vou tentar fazer um breve resumo.

Theodore já teve muitos nomes, já viveu em muitas épocas e já foi muitas pessoas. Ele nasceu na Antiga Grécia, na época dos filósofos e famosos mitos gregos. Antes de Cristo ou de qualquer coisa do gênero, quando Zeus e seu bando de deuses pagãos dominavam o Olimpo. Ele sempre foi um sedento de conhecimento, bem, na verdade, era um sedento de poder que acreditava que o conhecimento seria sua grande chave para tanto.

Era um jovem rico, famoso e bem sucedido antes de se tornar um vampiro. Não precisava se preocupar com aparência, pois a natureza já lhe fora bastante gentil. Passava os dias estudando. Queria ser o melhor em tudo. Tudo.

Tornou-se vampiro por acaso, quando foi atacado por um vampiro chamado Ícaro, e salvo por outro de nome Timeus. Timeus era um vampiro que não matava humanos, e repudiava tal brutalidade com tanta força, que caçava e matava vampiros que o fizessem. Theodore se juntou à ele, e foi então que adotou sua primeira identidade, a do assassino e traidor Proteu.

Depois de muito dessa vida, ele percebeu que não queria mais matar vampiros, era hipócrita matar seres como ele e repudiar a morte de humanos. Por que não matar humanos? Por que lutar contra a sua natureza? E então surgiu Caleb Astaroth, o vampiro inglês mais famoso da história.

Astaroth era o típico vampiro de contos de terror, sedutor, discreto e sanguinário. Ele finalmente tinha o que tanto sonhara, fama, reconhecimento. Não havia um vampiro no mundo que não conhecesse seu nome, que não o respeitasse, temesse e idolatrasse. Ele estava no topo, o mais alto onde poderia chegar.

Então... Essa coisa de "eternidade" bateu. O ruim de viver para sempre é que o que lhe agrada hoje, pode ficar extremamente irritante amanhã. Astaroth começou a ficar entediado, assim como o caçador Proteu. E de repente, ele não queria mais matar humanos, não queria mais poder e nada disso fez sentido.

Pulando a parte da "crise emo" que se acometeu e indo direto ao assunto, ele agora iria se chamar Theodore Calaham, e estava decidido a não mais matar nem humanos e nem vampiros. Theodore chegou a Sallen quando lá havia somente o clã Karnstein e a Organização Omega. Ele foi o primeiro anarquista da cidade, o que irritou muito Cecille, que o queria de seu lado.

Com o passar do tempo, outros vampiros o procuraram, querendo se juntar a ele. E assim, surgiu o clã Calaham. Obviamente, ninguém nem disconfia de seu passado, apenas sabem que ele é o vampiro mais antigo do mundo. Theodore não é muito paciente com os novatos e se irrita quando é incomodado, entretanto, sua voz calma, baixa e sua fala extremamente lenta e irritante jamais se altera. Hoje, ele passa os dias entediado e quando alguém lhe procura atrás de respostas, é disconversado e vago, o que realmente irrita. Ele é praticamente incapaz de dar uma resposta direta.

Qual a graça de saber as respostas de todas as perguntas e dá-las de mão beijada à quem quiser?


Dados de Vampiros:

Idade aparente: 17 anos
Como foi transformado: Foi transformado por Timeus, um vampiro que se recusava a matar humanos e caçava vampiros que o faziam. Theodore teria sido morto por um desses vampiros, se Timeus não tivesse interferido.
Comportamento: Completamente inofencivo para humanos, vampiros, ou até, moscas. Exceto, se alguém fizer qualquer coisa contra seu clã, nesse caso, seria muito agressivo. Alimenta-se de animais.
É anarquista, ou prefere entrar para um clã? Líder do clã Calaham

Mais:

~~ É capaz de responder qualquer pergunta que lhe for feita, se já não souber a resposta, facilmente deduz. Mas geralmente, guarda suas respostas para si próprio, enxendo quem lhe questionar com informações inúteis.
~~ Tem um certo bordão, "Patético", essa é a palavra que mais fala, e quando já se viveu tanto quanto ele, e sabe tanto quanto ele, é isso que tudo se torna, tudo fica tão... Patético.
~~ Fala mais idiomas e dialetos do que se possa imaginar, e sem sotaque algum.
~~ Mesmo com o aspecto "zumbi" por ser um vampiro que não bebe sangue humano, ele ainda é lindo, e irresistível aos olhos humanos. Seus sentidos são também muito fortes, é mais poderoso do que todos os vampiros nascidos depois de 500 dC.







avatar
Theodore Calaham

Mensagens : 11
Data de inscrição : 26/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jacob

Mensagem  Jacob Geller em Sex Jan 02, 2009 4:16 pm

Ficha de Inscrição.


Dados do player

Nome: Tiago
E-mail (hotmail): tiago.rochadel@hotmail.com
Idade: 18
Cidade: Porto Alegre
Como conheceu Sallen's Tales: criação

Dados do personagem

Nome completo: Jacob Charles Geller
Idade: 23 anos
Raça (vampiro ou caçador): humano/caçador
Nacionalidade: americano
Avatar: Ed Westwick

Características psicológicas:

Sincero, com ele não têm meias palavras. É muito astuto, inteligente e esperto. É pessimista e sempre enxerga o lado negativo e as possibilidas de algo não dar certo, o que o torna muito calculista e precavido. É calmo até certo ponto. Odeia regras e não funciona bem com elas, gosta de estar no controle e odeia quando as coisas não acontecem do seu jeito. É extremamente super-protetor e possessivo com o que é importante para ele. Sabe ser gentil e é um perfeito melhor amigo, assim como sabe muito bem como ser seu pior inimigo.

Características físicas:

1,86m, corpo definido, cabelos castanho escuros. É cego e seus demais sentidos são comparados aos de um vampiro de mais ou menos dez anos. Seus olhos são muito escuros e profundos, às vezes é difícil acreditar que não enxergue. Usa roupas confortáveis, calças jeans, tênis e camiseta, se estiver frio um casaco.



Historia:

Jacob Geller nasceu em Illinois, EUA. Ele e a irmã quatro anos mais nova foram criados somente pela mãe. Jacob jamais fala sobre seu passado, usa muito a frase "quem vive de passado é museu", e poucos sabem sua história.

Ele é cego desde os nove anos, o que talvez explique a audição e o olfato apurados. Quando tinha quinze anos, sua mãe foi morta por um vampiro, ele e a irmã estavam presentes e conseguiram fugir, mas obviamente ninguém na pequena cidade acreditou neles. Quem iria acreditar que uma criança de onze anos e seu irmão cego tinham presenciado um ataque de vampiro? Ainda mais naquele fim de mundo.

Os dois jovens não queriam continuar vivendo naquele lugar tidos como loucos, ou infantis, decidiram pesquisar sobre o assunto e acabaram descobrindo a existência de uma cidade onde essas lendas pareciam ganhar vida. E então fugiram da toda a burocracia de serem menores e foram para Sallen.

Jacob se juntou a Organização Omega assim que chegaram na cidade, sua irmã era muito jovem e ele não permitiu que se metesse nesse tipo de coisa. Ele era um dos melhores agentes, especialmente pelo raciocínio rápido e reflexos assustadores.

O rapaz nunca foi muito bom em fazer amizades e a única pessoa que era realmente sua amiga na Omega era Alycia Giovannih, mas ele jamais concordou com sua filosofia, Aly era uma excelente agente, mas ele a considerava fraca às vezes. Jacob entrou na Omega unicamente por vingança e queria exterminar todos os vampiros que encontrasse. Quando sua irmã tinha dezesseis anos, um vampiro a transformou.

Jacob jamais se sentiu tão mal quanto naquela noite por não ter protegido sua irmã. Ele descobriu quem foi o vampiro e queria ir atras dele, mas a Omega o impediu, dizendo que ele "não tinha importância para a organização". Jacob nunca havia gostado de seguir ordens, já estava irritado com os métodos da Omega a muito tempo, mas aquela foi a gota d'água. Ele deixou de ser um Omega para tornar-se um caçador por conta, e matou o vampiro que transformou sua irmã.

Os dois vivem em uma pequena e antiga casa na avenida principal da cidade. Apesar dela ser vampira, ambos são ótimos caçadores. Ao contrário da maioria dos caçadores solitários, por ser um ex-omega ele sabe exatamente o que está fazendo.


Mais informações:

- Algumas pessoas o chamam de Jake, ele prefere Jacob, mas raramente menciona isso. Odeia ser chamado de Jay, Jays, J. e derivados.
- É um bom caçador, tem pensamento e reflexos rápidos, mas é melhor armeiro. Desde que abandonou a Omega, há três anos, faz suas próprias armas e é tão bom que vende para alguns omega, assim que consegue algum dinheiro.





Última edição por Jacob Geller em Ter Jan 06, 2009 6:45 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Jacob Geller

Mensagens : 7
Data de inscrição : 02/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jess ;*

Mensagem  Jessica Geller em Sab Jan 03, 2009 1:35 pm

Ficha de Inscrição.

Dados do player

Nome: Aiko Ledger
E-mail (hotmail): aiko-samiya@hotmail.com
Idade: 17 anos e 13 meses
Cidade: Porto Alegre
Como conheceu Sallen's Tales: ahm... participando da criação? (o.O")

Dados do personagem

Nome completo: Jessica Morgan Geller
Idade: 19 anos
Raça: Vampira
Nacionalidade: Americana - Illinois
Avatar: Michelle Trachtenberg


Características psicológicas:

Primeiro de tudo, ela é hipócrita. Vingativa, rancorosa, não leva desaforo pra casa. Jess é do tipo que bate primeiro e pergunta depois. Ela é muito mais impulsiva do que seu irmão, não é nenhum pouco cautelosa e seu plano é sempre o mesmo, improvisar. Pode não ser muito usual, mas com ela funciona muito bem. Jess é explosiva, irriverente, tem sempre uma piada na ponta da língua. É extemamente decidida, odeia que tomem decisões por ela, e vive dizendo isso, mas no fundo, gosta da super-proteção do irmão, de um jeito muito estranho.


Características físicas:

1 metro e 63 centímetros, magra, cabelos castanho claros, olhos azuis muito claros, que ficam ainda mais claros e brilhantes quando alimentada. Para se vestir, prima por conforto, calças jeans levemente largas, tênis, camisetas e jaquetas jeans compõe seu guarda-roupa.


História


Jessica Morgan Geller, nascida há dezenove anos atrás, em Illinois, Estados Unidos. Foi transformada em vampira há três anos, por um vampiro anarquista que a achou incrívelmente bonita e quis eterniza-la.

Jess não conheceu o pai, foi criada pela mãe, Meredith e pela avó, Morgan que morreu de causas naturais quando ela tinha sete anos. Quando sua mãe foi assassinada por um vampiro, ela o irmão se mudaram e foram viver sozinhos. Jess assistiu tudo, e jamais esqueceu aquela cena, sempre considerou um fardo muito grande para carregar sozinha, pois por mais que Jacob estivesse com ela, somente a pequena criança de onze anos viu a cena.

Ela sempre foi muito temperamental, no entanto, jamais têve problemas por morar sozinha com o irmão sendo tão jovens. Jess não gosta de receber ordens, mas nunca foi do tipo adolescente rebelde, ela sempre tentou ser muito racional nesse aspecto, já era difícil do jeito que estava, e não queria ser mais um fardo. Jacob era a única pessoa pela qual tinha algum respeito.

Jess jamais discutiu com Jacob por não deixa-la ser uma caçadora e entrar para a Omega com ele, no entanto nunca gostou de vê-lo metido naquilo sem poder ajudar. Foi assim até aquela noite. Jacob, como sempre, estava caçando, e ela ficara sozinha, na época eles ficavam no hotel da cidade, muitos vampiros estavam atraz de seu irmão, que já ficara famoso por seus feitos, um deles acabou descobrindo onde estavam e a surpreendeu sozinha no quarto. O vampiro planejava mata-la, mas acabou decidindo que seria uma pena desperdiçar tamanha beleza, além do mais, talvez fosse melhor que o famoso Jacob Geller tivesse sua irmãzinha transformada em um dos seres que combatia do que encontra-la morta.

Ledo engando.

Claro que Jacob não gostou do que aconteceu, mas desde então Jess não tinha mais o que temer, não precisava ficar em casa e era mais forte até do que seu irmão mais velho! Jacob lhe ensinou tudo o que precisava saber sobre caçar vampiros, e então, ela tornou-se uma traidora de sua espécie, uma vampira caçadora.

Apesar de caçar vampiros e recriminar seu comportamento repulsivo, Jess não era do tipo "Calaham", se é que você entende. Sua desculpa é que era a única de sua espécie que conhecia que matava vampiros e precisava estar forte pra isso, e não parecendo um zumbi. Ela tentava escolher suas vítimas da melhor forma possível, com ajuda de Jacob, mas nem sempre é possível se controlar. Ah, o que eram algumas vidas que tirava, se no final acabava com tantos vampiros? Tudo era para um bem maior! Obviamente seu irmão não sabia disso.


Dados de Vampiros:

Idade aparente: 16 anos
Como foi transformado: por um vampiro que queria mata-la, mas a achou muito bonita pra isso.
Comportamento: Alimenta-se de humanos escolhidos a dedo por ela e seu irmão, mas nem sempre se controla.
É anarquista, ou prefere entrar para um clã? Anarquista.

Mais:

~~ Odeia ser chamada de Jessica, todos a chamam de Jess.
~~ Sempre chama o irmão de Jay, Jays, Jake... Só por que sabe que ele odeia.
~~ Quando precisa de um disfarce, um nome para não ser reconhecida, usa sempre Nightshade, como o veneno. Jessy Nightshade.
~~ Ajuda muito Jacob na confecção das armas, mas é péssima nisso, prefere alcançar os ingredientes...

*Inspirada na Ruby, de Supernatural.




avatar
Jessica Geller

Mensagens : 5
Data de inscrição : 03/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Roxanne Cansino em Ter Jan 13, 2009 7:20 pm

.x.


~Dados do player~


Nome: Greice (Lyn)
E-mail (hotmail): greice85@hotmail.com
Idade: 19
Cidade: Campola City
Como conheceu Sallen's Tales: afff....ahn, exatamente no minuto em que a ideia surgiu, digamos assim.

~Dados do personagem~


Nome completo: Roxanne Mary Cansino
Idade: 86 anos
Raça (vampiro ou caçador): vampiro
Nacionalidade: americana
Avatar: Leighton Meester

~Características psicológicas~

O tipo vil que não se esconde e raramente finge. É fria e direta, mas quase nunca suas reais intenções ficam muito claras. Egocêntrica, se vê como inigualável e superior na maioria dos casos, mas não tarda a abaixar a cabeça para a anciã Cecille, sua criadora. Mesmo que por vezes, na surdina, vá contra ela em favor de algum interesse próprio. Ardilosa, possui uma língua ferina e o humor negro é uma dádiva em conjunto com sua voz única e melodiosa. Uma diva dos anos 40 liberta dos esteriotipos que a cercavam em sua mortalidade. Como uma das crianças da noite do clã Karnstein, deu vazão a sua personalidade tão difícil de ser contida. Tudo o que ela toca tende a se quebrar e não apenas figurativamente.


~Características físicas~

Olhos amendoados e escuros, extremamente exprecivos. Cabelos castanhos, caindo geralmente ondulados por seus ombros pequenos. Estatura baixa, mas dotada da elegancia vampiresca. Tez pálida e lábios cheios. O traço mais marcante em seu exterior, mesmo que não fisico, é sua voz.
Vestes: Escolhe seus trajes de acordo com a ocasião ou oscilção de seu humor.


~Historia~

"O ano era 1941, eu possuía dezoito anos e uma voz admirável. Minha beleza era estonteante e eu vendia a oportunidade de me admirarem sobre os palcos. Deleitava os olhos dos homens e enchia de inveja o coração das mocinhas. Meus cabelos sempre foram castanhos e caiam ondulados por meus ombros. Meus olhos escuros e amendoados eram mais expressivos do que as canções interpretadas por mim nas noites de sexta-feira. Não tinha consciência na época, mas eu sempre fora como aquelas pinturas pin-ups, que costumavam retratar garotas apresentando uma casual sensualidade, com trejeitos pontuados por insinuações inocentes. Uma coisa natural, que no dia a dia não existia, mas eu me habituara a agir assim sobre os palcos de Las Vegas. Aquele jeito inocentemente avassalador tornara-se um estilo. Eu atuava para ser a garota encantadora dos palcos e funcionava lindamente. Nunca poderia ter imaginado que esse talento despertaria a cobiça por meu sangue. Minhas performances nos palcos eram aplaudidas de pé e o assedio de admiradores era algo a que eu fora obrigada a me acostumar. Contudo, na noite fatídica, o olhar que recebi não parecera ansiar por meu corpo ou aclamar minha voz, como o habitual. Parecera ambicionar devorar minha alma."

Roxy, como costumam se referir a ela, era a estrela de um clube noturno na década de quarenta quando foi transformada em vampira. A própria lider do clã Karnstein, Cecille, se encarregou do feito e as palavras proferidas pela anciã em meio a tranformação da ex-diva ainda a abalam. As mudas conclusões conseguidas por Roxanne são insatisfatórias, mas fazem sentindo. Talvez ela tenha realmente despertado a inveja da eterna menina Cecille.

Como humana Roxy continha todo seu espirito independente, externando apenas aquilo o que esperavam dela. E naqueles tempos de longas luvas de cetim, a sociedade esperava muitas coisas de garotas como ela. Depois de conseguir chamar atenção por sua estonteante voz e talento nos palcos, tudo começara a ficar irritantemente enfadonho e repetitivo. Os aplausos eram sempre os mesmos, assim como as criticas e elogios. Tudo insoso, de um jeito que deixava seu champagne com gosto de isopor. No auge de seu estado estafado, uma criança monstruosa adentrara em seu camarim após o ultimo show de sua vida. A dor dilacerante em seu pescoço e o gosto da exotica bebida viscosa em sua boca eram detalhes dos quais Roxy se lembraria por toda a eternidade.

Recém transformada, a jovem vampira foi imediatamente levada a Sallen. Uma mente fresca e "inocente", para ser ensinada a moda Karnstein com toda a facilidade implicada em um ser novo e sem vicios de conduta. O que ninguém esperava era que, quebrando a porcelana, uma mente indócil viria a tona.



~*~


Idade aparente: 18 anos
Como foi transformado: Pela anciã Cecille Karnstein, que nunca poderia ter uma aparência adulta e bela como a de Roxanne. (Complexo de Claudia)
Comportamento: Superior demais para alimentar-se de animais. Humanos são apenas integrantes do "rebanho". Pelo menos na maioria das vezes...
É anarquista, ou prefere entrar para um clã? Membro do clã Karnstein

.x.
avatar
Roxanne Cansino

Mensagens : 9
Data de inscrição : 13/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Cecille Karnstein em Sex Jan 16, 2009 6:38 am

Dados do player

Nome: Greice
E-mail (hotmail): greice85@hotmail.com
Idade: 19
Cidade: C.L.P.
Como conheceu Sallen's Tales:

Dados do personagem

Lider e fundadora do Clã Karnstein~
Nome completo: Cecille Karnstein
Idade: desconhecida. Antecede as piramides do egito e os deuses gregos.
Raça (vampiro ou caçador): Vampiro
Nacionalidade: desconhecida. Especulasse que asiatica.
Avatar: Jodelle Ferland

~Características psicológicas~

Como criadora do clã Karnstein, Ceci é uma verdadeira lider. Chega a ser assustador o modo como é sempre tão prontamente obtecida pelos moradores de seu covil. Ao contrario de sua angelical aparencia, é uma das mais temiveis vampiras existentes, sendo capaz de rir inocentemente enquanto tortura suas vitimas fisica e psicologicamente.
Tem uma queda por corações humanos e não do jeito romantico. Junto a criancinhas de carne tenra, corações arrancados de seres humanos vivos são uma especie de ritual na alimentação da vampira, e ela os aprecia imensamente.
Tal como o famoso vampiro “Willian, o sanguinário”, a anciã também possui varias referencias a si, que são sussurradas pelo mundo afora, tais como: Ceci, coração negro e O pequeno demônio.

~Características físicas~

Olhos pertubadores, dotados de um azul incrivelmente escuro quando bem alimentada. Cabelos muito longos, quase sempre cacheados. Sua aparencia é a de uma linda garotinha e é como tal que Cecille se veste. Vestidos, fitas de seda nos cabelos, sapatilhas... Um arcenal de figurinos para mascarar a vil assassina.

Historia
Vide o conto “bloody cecille”.


Por milênios, a vampira vagou pelo mundo, aprendendo que sua especie podia ser mais do que a maioria demonstrava ser. Não precisava ser fraca ao ponto de rejeitar sangue humano como seu criador o fora, mas também não necessitava agir como um irracional animal compulsivo, como agira após assasinar seu criador. Cecille passara a se controlar através dos séculos, depois de vivenciar determinadas experiencias que lhe derem uma nova visão de mundo. Aprendera a escolher suas vítimas meticulosamente, seja por aguma espécie de atração pelo sangue do indivíduo em questão, seja em meio a resolução de negocios pendentes.

Ela apreciava imensamente o poder a que os vampiros estavam destinados e se revoltava com o desperdicio de todo esse potencial. Foi por este motivo que começou a reunir seguidores, dando origem ao clã Karnstein. Os primeiros membros de sua corja foram escolhidos e ensinados como verdadeiros pupilos, recebendo a proteção da anciã Ceci em troca de sua lealdade. Mas, apesar do comportamento mediocre de vampiros que abdicavam sangue humano ou se tornavam simples feras descontroladas de fato irritar a anciã, não era do feitio da vampira erguer um só dedo contra seus irmãos de eternidade, independente do estilo de vida adotado por eles. Ela os ironizava e os via como seres que estavam abaixo dos "verdadeiros" vampiros, os Karnstein, mas uma vida imortal, seja qual for sua conduta, era preciosa ao ver de Cecille pelo simples fato de pertencerem a raça superior universal. E como tal, tinham a missão de se multiplicar e não o contrário.



~~~~~~~~

Idade aparente: 10 anos
Como foi transformado: Foi encontrada por um vampiro a beira da morte, desfalecida de frio e fome, a algumas eras atrás.
Comportamento: Alimenta-se de sangue humano.

Curiosidade->
Cecille Karnstein foi inspirada na vampira do conto "A saideira"(Stephen King), em Nikolaos do livro "Prazeres Malditos"(Laurell K. Hamilton), em Claudia de "Entrevista com o vampiro"(Anne Rice) e "Pandora"(Anne Rice). Seu clã segue a conduta da vampira Carmilla e por isso leva o nome Karnstein como uma homenagem a vampira que inspirou Bram Stoker na criação de Dracula.



Última edição por Cecille Karnstein em Sab Jan 17, 2009 1:10 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Cecille Karnstein

Mensagens : 7
Data de inscrição : 13/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Gabrielle Calaham em Seg Jan 19, 2009 7:14 pm

Ficha de Inscrição.


Dados do player

Nome: Jonatha
E-mail (hotmail): jonatha_luiz94@hotmail.com
Idade: 14 anos
Cidade: Rio de Janeiro


Dados do personagem

Nome completo: Gabrielle (Landiew) Calaham
Idade: 750 anos
Raça (vampiro ou caçador): Vampira
Nacionalidade: Francesa
Avatar: Marcia Cross

Características psicológicas: Gabrielle nasceu para ser mãe. Sempre trabalhou, estudou e fez que que ela se tornasse uma pessoa melhor, mas, tinha uma depressão profunda. Ela é extremamente carente e trata todos os vampiros como uma mãe.

Características físicas: Gabrielle adora vermelho. Ela é uma linda ruiva. Parece estar sempre sorrindo e se locomove de um jeito muito elegante. Seu corpo é bem destribuido e ela, como um todo, é linda e sensual.


Historia:


Gabrielle nasceu há 750 em Lyon, França. Ela nasceu para casar com um homem mais rico da cidade. Ela, opostamente ao costume da época, era estudada e bem estruída.

Quando se casou com o bendito homem, Gabrielle sente infelicidade e os dois brigavam constantemente.

Um dia, Gabrielle teve a notícia que estava grávida. Era para salvar seu casamento e dar orgulho à sua família. Porém, ela perde o bebê e seu marido, com raiva, força-a a pular de um prescipício.

Quase morta, Gabrielle é encontrada por um homem. Depois de devidamente tratada, ele a transforma dizendo que essa vida era boa.

Após alguns anos de tentativas de engravidar, Gabrielle foge para Sallem, a procura de uma nova vida.

Em Sallen, ela é encontrada por um garoto, Theodore, que tinha vivido muito mais que ela. Ela decide cria-lo (Ou ser criada) pelo garoto, tanto para que ele ficasse no lugar do bebê que morreu.

Gabrielle é praticamente boa em tudo:jardinagem, costura, trabalhos manuais, linguas e muito mais. Ela, geralmente cuida do condomínio Calaham e faz compania a Theodore para tudo.

Idade aparente: 35 anos

Como foi transformado: Foi encontrada semi-morta por um vampiro que, por pena, preferiu não matá-la, mas transformá-la.

Comportamento:É docil e trata todos muito bem.
É anarquista, ou prefere entrar para um clã? Clã Calaham

avatar
Gabrielle Calaham

Mensagens : 2
Data de inscrição : 19/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Francine Drown em Qua Jan 21, 2009 8:47 am

ados do player

Nome: Francine Drown
E-mail (hotmail): gah-barreto@hotmail.com
Idade: 17
Cidade: Campinas - SP
Como conheceu Sallen's Tales: Um passarinho verde me contou ;x

Dados do personagem

Nome completo: Francine Agnes Drown
Idade: 81
Raça (vampiro ou caçador): Vampiro
Nacionalidade: Nasceu, viveu, morreu e tornou a viver em Sallen.
Avatar: Sei não ‘-‘ achei no google, só sei que chama “Agnes”

Características psicológicas: Francine é extremamente dócil, portadora de uma delicadeza sem comparativos dentre os vampiros. Pertencente ao clã Karnstein, tem uma verdadeira paixão por Cecille, a quem trata como uma bonequinha ou sua própria filha. Por ela, entretanto, está disposta a fazer qualquer coisa, o que inclui deixar cair essa máscara de delicadeza para, literalmente, retalhar qualquer um.

Características físicas: Cabelos bem negros em contraste com uma pele extremamente alva, olhos castanhos atraentes e sedutores que emanam uma aura complacente. Aproximadamente 1,80m de altura, corpo magro, porém com algumas curvas acentuadas.


Historia:
Francine Agnes Drown recebeu o abraço diretamente de Alexandra Levaine em meados da década de 20. A líder do clã Levaine observara-a durante algum tempo e ao transforma-la, seu objetivo era ver o quão selvagem poderia se tornar uma moça que, quando humana, era, provavelmente, a mais meiga, benévola e educada dentre as suas.

O marido de Francine acabara de se recolher ao quarto para esperar por ela quando um vulto perpassara por si na sala de estar. Depois de procurar por todos os lados a origem do calafrio repentino que sentia e do desespero que começava a tomar conta de si, uma figura feminina de cabelos desgranhentos tinha os braços envolvendo-a por completo. Foi a ultima vez que Francine olhou o mundo com seus olhos humanos.

Tudo que Francine podia perceber eram as batidas rítmicas e desesperadas do seu coração, sem ao menos desconfiar que aquela que lhe tinha nos braços também o podia ouvir e que isso lhe atiçava cada vez mais o desejo de sangue. O mau cheiro que a criatura exalava era notório, mas era irrelevante naquele momento, quando o seu corpo estava totalmente impossibilitado de se mover e ela praticamente voava por sobre as árvores da floresta de Sallen, deixando a cidade muito distante.
O que conseguiu mais próximo de uma respiração foi quando aquela criatura esgueirou-se por uma fenda num morro, jogando o corpo da própria Francine no chão de uma enorme gruta que exalava exatamente o mesmo cheiro daquela... mulher. (poderia chamá-la assim?)

Na fração de segundo que teve para racionalizar qualquer coisa, Drown levou instintivamente a mão para a barriga; aquilo era, irrevogavelmente, o seu fim e, caso suas suspeitas estivessem corretas, da vida que ela carregava no ventre também.

Os olhos negros como abismos sem fim eram extremamente brilhantes (embora não houvesse ali qualquer tipo de luz para refletir sobre eles) e eram a única que Francine podia enxergar. Fora a primeira vez que se guiara pelos seus instintos.

Na escuridão plena, todos os seus sentidos se aguçavam, a vontade irracional de sobreviver escondia qualquer outro pensamento. Seus ouvidos humanos captavam um ligeiro farfalhar que acontecia de acordo com a movimentação daqueles olhos brilhantes; sua pele se eriçava com as pequenas correntes de vento que lhe alcançavam quando a criatura se deslocava e a cada segundo ela estava mais consciente de que aquilo era o marco do fim da sua vida. Era exatamente como ser uma pequena mosquinha se debatendo nas teias pegajosas de uma aranha.

Depois do fim, extremamente doloroso a ponto de ser quase insuportável, veio o renascimento. Francine já não era exatamente o que fora quando viva; seus sentidos estavam elevados a um patamar indescritível e ela sentia sede de sangue, mas em essência, sua personalidade se mantinha alterada.

O único pensamento que ocupava a mente da recém imortal Francine Agnes Drown e que quase conseguia superar o seu anseio descontrolado e irracional por sangue, era se aquela vida que suspeitava existir em seu ventre havia sido morta quando ela recebeu o abraço ou se, de fato, jamais existira.

Com o passar dos primeiros anos, embora a própria Levaine fizesse questão de “educa-la” (o que incluía coisas como fazê-la estraçalhar corpos humanos e reduzi-los aos menores pedaços possíveis apenas com seus dentes e unhas), Francine compreendia que ela não era aquilo. Se agora ela possuía uma velocidade, visão e força infinitamente superior, não era para usá-la como um animal. Ela era muito mais do que um ser irracional.

E foi então que próximo de completar seu terceiro ano como vampira, Francine viu aquela criatura.

Há dias, Levaine estava irritadiça, caminhando pela floresta e destroçando tudo que tivesse em seu caminho, desde coelhinhos aos maiores predadores. Ninguém do clã sabia exatamente o motivo, embora isso despertasse em muito a curiosidade de Drown.

Foi passeando nos arredores da gruta que ela sentiu aquele aroma incomparável. Era exatamente o mesmo cheiro do sangue que corria na parte mais suculenta dos corpos humanos; o coração, com um misto de algo doce, como a inocência infantil. Impossível definir.

Seguiu, então, aquele cheiro como se ele fosse tudo que precisasse para sobreviver e quanto mais intenso ele ficava, mais ela tinha certeza que precisava encontrar a criatura que o exalava. Numa clareira distante da gruta, estava Alexandra Levaine e a criaturinhas mais perfeita que ela vira em toda sua vida (e morte).

Uma menininha que aparentava ter pouco menos que dez anos, mas cujos olhos pareciam transmitir a maior sabedoria que Drown já pudera presenciar. Tudo nela lhe atraía; o cheiro, o olhar, o modo como andava sem tocar nada ao seu redor e, principalmente, sua aparência frágil, inocente e infantil. Exatamente como queria que fosse a sua filha caso ela tivesse existido.

Sem pensar duas vezes, jogou seu corpo em direção aquela menininha tão linda, envolvendo-a, como se dissesse que para atingi-la, Levaine teria que mata-la também.

Claro que Cecille Karnstein não precisava da proteção de uma vampira que fora transformada há menos de três anos, mas aceitou-a em seu próprio clã, atendendo aos seus desejos de tratá-la como uma bonequinha e estar disposta a dar a sua vida por ela ou a arrancar a de quem quisesse tocá-la. Onde quer que esteja Cecille, invariavelmente estará Francine.

A “Filha” a quem Levaine dera seu próprio sangue e educara pessoalmente, aquela que desejara ver como o maior de seus monstros, a mais cruel, a filha mais bestial, agora havia se bandeado para o lado daquela tonta da Cecille.

Claro que isso gerou mais uma rincha, e das sérias!, entre o clã Levaine e o clã Karnstein, mas isso é uma outra história e deve ser contada em outra hora.



[- Para vampiros, responder também - ]

Idade aparente: 29 anos
Como foi transformado: Pelos braços de Alexandra Levaine, na gruta que serve de abrigo ao clã.
Comportamento: Geralmente dócil, costuma a ser educada ao atacar suas vítimas e trata-as com carinho. Sua única face extremamente agressiva (talvez uma herança por carregar no corpo um pouco do sangue Levaine) só se mostra quando ela percebe que a sua Ceci está em perigo ou quando alguém se opõe a ela.

É anarquista, ou prefere entrar para um clã? Prefere um clã

Se prefere um clã, qual acha que seu personagem melhor se encaixa? (não garantimos que seu personagem irá para o clã que você gostaria, por isso, pedimos para explicar o máximo possível sobre ele, para que possamos tomar uma decisão justa). Karnstein.


avatar
Francine Drown

Mensagens : 2
Data de inscrição : 20/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Juan ;]

Mensagem  Juan Giovannih em Qua Jan 21, 2009 2:05 pm

Ficha de Inscrição.


Dados do player.

Nome: Jen
E-mail (hotmail): jenfimaria@hotmail.com
Idade: 16
Cidade: Olinda
Como conheceu Sallen's Tales: han... É na criação Oo

Dados do personagem.





Nome completo: Juan Klaus Giovannih
Idade: 25
Raça: vampiro
Nacionalidade: nativo de Sallen
Avatar: Jackson Rathbone


Características psicológicas:

]Aparentemente centrado, estudioso e excêntrico ou forte rígido e grosseiro. Um garoto do signo de gêmeos é completamente oposto em momentos únicos, tão cínico como meigo, frio e apaixonado Juan pode ser tão cruel quanto delicado, alem de completamente desligado do mundo a sua volta tudo o faz se perder em um mundo próprio onde coisas normalmente insanas fazem mais sentido do que a própria existência. Juan é portador de um distúrbio mental. Sofre com dupla personalidade. Sendo elas completamente opostas a ponto de vista racional. Um é um fanático por historia decidido a descobri os mistérios que envolvem aquela cidade estranha onde sempre viveu. E o outro apenas um irmão super protetor que tenta zelar pela integridade física e moral de sua irmã caçula, assumindo assim a postura de um pai que a menina nunca teve.




Características físicas:

1,85 potencialmente alto entretanto quando esta embutido do pobre garoto estudioso anta com a coluna um tanto envergada e os ombros encolhidos como se tentasse protegesse do mundo a sua volta, tem olhos claros, verdes para ser exato mais tão belos e encantadores quanto os da irmã e como vampiro tornou-se ainda mais irresistível. Pele pálida cabelos castanho ondulados que sempre estão jogados de qualquer forma e mal penteados. As unhas anormalmente grandes são apenas um detalhe apesar de mesmo estranhamente estarem limpas quase sempre.


Historia:



No dia 17 de junho nascido na pequena porem desenvolvida Sallen em um hospital situado em seu centro o belo garoto de cabelinhos negros e olhos verdes foi trazido a vida pelo medico da familia, o conceituado Dr. George infelizmente já falecido. Um menino alerta saudável (aparentemente) um bebe perfeito com corpo forte, pele branquinha e nenhuma imperfeição, visual, auditiva ou qualquer coisa parecida. Mas infelizmente nada é como desejado.

Porque em famílias grandes sempre a aquele problema que se tenta ser escondido não? Juan apesar de aparentemente perfeito sempre sofreu de um pequeno problema, esse só descoberto no principio do seu desenvolvimento. Um menino com dupla personalidade que viva em seu próprio mundo confuso. Mas com bom tratamento uma familia amável e dinheiro a se gastar um problema fácil de se conviver.

Para um problema como esse é necessário alguma coisa que lhe prenda a atenção lhe ajude a concentra e se manter atento, pensar e quem sabe surpreender. Algo que capture sua imaginação e a faça progredi na tentativa de deixá-lo de fácil interação. Então o que prendeu a atenção do belo menino foram os livros, contos pesquisas e raciocínios lógicos. Claro nada normal um menino de 5 anos ser pego invadindo a biblioteca particular do pai em buscas de contos sangrentos sobre vampiros centenários e mortes macabras. Mas se ele viveria naquele mundo não adiantaria negra um livro a mais no vasto conhecimento da criança ate então problemática.

Um Ano depois de descoberto o problema do garoto e dele ser tratado suprindo as necessidades com conhecimentos e manias excêntricas a patriarca da familia teve a felicidade ou maldição de engravidar da sua pequena menina tão esperada. Uma gravidez de risco feita quase às presas no seu sétimo mês depois de uma gestação repleta de problemas onde toda a familia feliz ajudara para sua calma. Para deleite dos vampiros da cidade a mulher forte e poderosa faleceu dando a luz a sua pequena jóia rara. A casula sua copia fiel. Um baque terrível para Juan que apesar de conviver bem com um problema tachado de maldição adentrou numa depressão terrível com a morte da doce e amorosa mãe. Depositando assim todo o seu afeto e proteção na pequena e frágil criança que trouxeram para casa duas semanas após o enterro de sua mãe. Juan cresceu junto a Aly e a ensinou a ser tudo que sua mãe desejaria que ela fosse. Uma garota forte e amorosa. Tendo a menina quase abandonada pelo pai afinal Julian culpava-a nos primeiros anos de sua vida pela morte da mulher. Aly foi feita para a batalha apesar de não ter nascido para tal cargo e Juan zelava para que a natureza doce da irmã fosse mantida a todo o custo.

Juan se tornou um caçador, um ótimo vale ressaltar, melhor que qualquer um e ate do que seu pai e ainda por cima um GRANDE estudioso, talvez a doença não fosse tão ruim assim, ninguém esperava muito de um idiota com dupla personalidade e ele sempre surpreendia, mas se a doença não dominasse? E se seu mundo fosse extremamente parecido com a realidade? Vivia tranqüilamente com seus surtos de cientista psicótico um historiador faminto pela verdade e decidido a desvendar o motivo do poder dado a familia a qual pertencia. Outras horas apenas um garoto preocupado com sua irmã nada muito anormal. Apesar dos desmaios e das crises de esquecimento. Anos se passaram e sua fama aumentou assim como a proteção com sua irmã, agora a nova caçadora. Ótima menina porem doce de mais para aquele trabalho. Piedosa, e aquilo traria problemas ele sabia disso. E como era verdade. Em uma caçada ele se deparou com um dos que ELA deixara vivo, um idiota mestre me persuadir e enganar, este havia criado um grupo, queriam o sangue dela queriam matar sua menininha e ele não permitiria, no lugar dela ele foi e como espera foi uma emboscada para a caçula Giovannih. Aly teria morrido se não estivesse devidamente segura e presa, mas ele não se rendeu, batalhou como nenhum outro faria, duelou e matou 3 dos cinco que o cercavam, adquirindo apenas o desejo de cuidar da sua irmã como sua mãe sempre lhe pediu mas os ferimentos eram graves a dor incontestável não agüentaria! E aquele seria o fim de um homem memorável.


No entanto ao fim da batalha Juan notou um pequeno detalhe, estava desfalecido no chão coberto de sangue próximo as margens do rio, mas não haviam ferimentos, não mais. Uma dor ainda cortava seu corpo começando pela alma se isso seria possível. Mas não haviam cortes! Ele estava perdido? Amaldiçoado? Dois dias em agonia jogado as margens do riacho. Porque diabos ninguém passava por ali ele nunca saberia, mas infelizmente ao amanhecer do terceiro dia sua pele tornou-se ainda mais pálida, seu roso ainda mais belo e seus dentes ficam pontiagudos. Estão tornou-se o que casava? Perdido confuso e se amaldiçoando ele adentrou numa própria historia. Se controlar, se conter. Um Omega de coração e um vampiro de corpo. Talvez os conflitos que ganhara ao chegar no seu dia eterno. Jamais dormiria, jamais seria um humano, não envelheceria, estaria preso numa eternidade continua e fatídica vendo todos que amava morrerem diante de seus olhos. Sem mudar nem uma ruga. Juan estava ainda mais perdido confuso e transtornado. E assim seu problema se agravou, como se manter calmo precisava se afundar em alguma coisa.

Como um andarilho poderoso e rico ele andou por ai entre seus surtos e lapsos de memória que julgava serem comuns. Não tinha conhecimento de seu problema como qualquer humano confuso, mas ainda assim um vampiro que passava dias lendo compulsivamente depois despertava de um transe em um hotel qualquer cercado por jornais antigos e retalhos sobre os acontecimentos de Sallen, fotos de sua irmã e de seu pai! Após três anos de sofrimento e conflitos seu extinto protetor assumiu por um longo tempo, retornando a Sallen disposto a tudo... Aly precisava dele e ele jamais a abandonaria. Ou seria o desejo de entender a historia. Jamais saberia apenas estava lá.






Características vampirescas:


Idade aparente: 22

Como foi transformado:

Em uma emboscada na qual compareceu mesmo sabendo tratar-se de uma armadilha. Foi no lugar da irmã que no momento estava trancada do porão da mansão Omega. Foi encurralado por cinco vampiros e após ter matado de forma cruel três deles foi preso e mordido em lugares diferentes (pescoço, pulso, e antebraço) ficando inerte a tudo pela perda de sangue e pela dor causada. Acordou três dias depois com o corpo dolorido as margens ensangüentadas do rio que cortava a cidade. Assustado e completamente perdido partiu em uma jornada que julgava ser sem volta. Como na se surpreendeu ao notar uma fome peculiar, uma força assustadora e claro não mais tinha sono. Ou tinha?




Comportamento:

Apesar da personalidade conturbada ele é um misto de todos os vampiros já vivos. Jamais assumi se alimentar de sangue humano, e às vezes toma sangue animal. Apesar de potencialmente mania estranha não se alimenta diretamente da presa, apenas retira o sangue e o bebe como um suco ou coisa do gênero.


É anarquista, ou prefere entrar para um clã? Anarquista

Peculiaridades:




Cores favoritas: Roxo, Perto e Azul.


Frase: Eu vi o futuro repetir o passado e vejo um museu com grandes novidades, o tempo não para! (cazuza)

Manias idiotas :

¬Tomar sangue em copos de milkshake;
¬ Usar óculos escuros independente da hora;
¬Andar por ai sem destino apenas lendo e ver onde as pernas vão levá-lo;
¬Ler, ler e ler ainda mais
¬ jogar roleta russa!
¬sempre tem um conto relacionado a historia para falar.

Especialista em:

¬karatê
¬Taekwondo
¬Kung fu
¬Formado em Historia em Oxford

Especialidades idiotas.

¬jogar cartas.
¬recitar poemas.
avatar
Juan Giovannih

Mensagens : 3
Data de inscrição : 21/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Sebastian Alvez em Sex Jan 23, 2009 1:34 pm

Nome: Gabriela
E-mail (Hotmail):gah.ki@hotmail.com
Idade: 15
Cidade: São Paulo
Como conheceu Sallen's Tales: Orkut

Dados do personagem

Nome completo: Sebastian Alvez
Idade: "Cento e alguma coisa", como ele sempre costuma dizer.
Raça (vampiro ou caçador): Vampiro
Nacionalidade: Francês
Avatar: Eric Lively


Características psicológicas: Calmo, racional e educado até certo ponto. Sarcástico, sádico, orgulhoso. Evita ao máximo expressar emoções, não importa o quão eufórico ou triste ele esteja, na maioria das vezes vai parecer extremamente tranqüilo. Apesar de toda a segurança que passa, vive se remoendo pela morte da irmã, e por isso escolheu a solidão, pelo medo que esconde de se apegar a alguém e perde-lo.

Características físicas: Bonito como qualquer outro vampiro que se alimente de sangue humano, 1,85 m, loiro com cabelos na altura do queixo, corpo definido e olhos cor de mel. Forte e ágil. Sempre usando no pulso direito uma pulseira de prata.

Historia: Sebastian não se lembra de nada do que aconteceu antes de ter sido encontrado a beira de um riacho quando tinha cerca de dez anos por uma velha e gentil viúva chamada Victoria que sempre levava sua neta, e única parente viva, Candice para brincar entre as flores. Sebastian foi acolhido por Vitória e rapidamente adotado por Candice como irmão mais velho. Os três passaram a viver juntos, mas infelizmente Victoria morreu pouco tempo depois de velhice.

A cada ano que se passava mais bonita Candice ficava e mais ele desejava que nunca tivessem se tornado irmãos, porem graças ao seu carinho e amor incondicional por sua “irmãzinha” nunca ousou tentar nada mais intimo do que um abraço ou um beijo no rosto.

Uma noite, quando ele tinha vinte e dois anos e sua irmã quinze, escutou uma agitação no celeiro, quando foi até lá verificar viu um homem alto e magro com cerca de trinta anos que tinha sangue escorrendo nos lábios e estava ajoelhado ao lado de um novilho caído no chão com pequenos furos no pescoço quase morto. Ele ficou paralisado quando o homem sorriu para ele mostrando os enormes caninos.

-Um vampiro, isso não é possível! Vampiros não existem! Não exis...- Pensou alto, tentando em vão se convencer de que na sua frente era um maluco qualquer, e não um vampiro. Não adiantou e antes que percebesse o vampiro estava do seu lado, por sorte ele resolveu transformá-lo, e não mata-lo. O vampiro explicou a tudo o que ele precisava saber e foi embora prometendo voltar.

Ele voltou para casa correndo e explicou a sua irmã a situação, de primeira ela não acreditou e zombou, mas o seu olhar de preensão a convenceu. Os dois passaram a noite toda e uma parte do dia no porão até que as dores no corpo de Sebastian cessassem.

Por um ano os dois foram mais unidos do que nunca, durante o dia Candice ficava fazendo companhia a Sebastian, e a noite Sebastian sequestrava e levava humanos para a fazenda, bebia o sangue deles e depois preparava a carne deles para Candice, que não via problema algum no canibalismo. Ninguém nunca descobriu o motivo dos desaparecimentos.

Mas uma vez, quando ele voltou para casa carregando uma jovem desmaiada, teve uma surpresa, ao lado da lareira estava o vampiro que o transformou sentado em uma cadeira de balanço com Candice deitada em seu colo, morta. Sem pensar direito, Sebastian pegou um pequeno machado que estava pendurado na parede e tentou acertar o pescoço do outro vampiro, que bloqueou o golpe com o braço e fugiu pela janela.


Por algumas décadas ele procurou o desgraçado, querendo vingança, porém desistiu de encontrá-lo em um pouco mais de meio século, após isso ficou somente viajando sem rumo, vivendo por viver, levando a pulseira de prata de sua irmã como única lembrança. Um dia ouve boatos sobre Sallen e seus vampiros, e isso o trouxe uma pequena (quase nula) esperança de encontrar o vampiro que matou sua irmã, se não o encontrasse, ao menos teria um lugar para ficar.


[- Para vampiros, responder também - ]

Idade aparente: 22
Como foi transformado: Foi transformado por um vampiro que atacou os animais do seu celeiro.
Comportamento: Se alimenta de sangue humano.
É anarquista, ou prefere entrar para um clã? Anarquista.
avatar
Sebastian Alvez

Mensagens : 6
Data de inscrição : 16/01/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Ahsley Bristol em Dom Fev 01, 2009 5:40 pm

Ficha de Inscrição.


Dados do player

Nome: Alice Marques
E-mail (hotmail): alicemarques61@hotmail.com
Idade: 20 anos
Cidade: Contagem
Como conheceu Sallen's Tales: Jen ^^

Dados do personagem

Nome completo: Ahsley Anne Bristol III
Idade: 219 anos
Raça (vampiro ou caçador): Vampira
Nacionalidade: Britanica
Avatar: Carly Pope

Características psicológicas: Fria, calculista, inteligente e sagaz. Muito mais facil esfaquear uma montanha que engana-la.
Características físicas: Morena alta, bonita, cabelos compridos, face alva como a neve, corpo esbelto e curvilineo.


Historia:

Ahsley sempre foi a princesinha de seus pais, era uma garota doce e encantadora. O ano era 1810 e a garota brincava com suas amas. Tinha apenas 6 aninhos, a pureza ainda não havia abandonado seu frágil corpinho. Ainda sim, fora nesta mesma época que foi privada do pai, que marinheiro fora para a guerra e morrera nela, jamais viu o sorriso de Ahsley novamente.

Após a morte do pai, a mãe enlouquece. Carecendo rápido e eficáz tratamento médico, elas mudam-se para a capital inglesa naqueles tempos, os avanços científicos andavam a passos de lesma.

Ahsley perdeu a mãe menos de 2 anos após a chegada em Londres. Ja com 8 anos de idade, ela aprendeu que a vida além de complexa, nao era nada fácil. Teve que ser cuidada por tios, que por serem muito velhos, a deixaram novamente sozinha com 16 anos.

A fortuna da familia lhe garantiu uma vida confortável, mesmo assim, nao tirou a dor da perda de seu coração, ela sofreu muito... Ate o dia em que se apaixonou...


[- Para vampiros, responder também - ]

Idade aparente 20 anos
Como foi transformado: Por um galante Sr. Angelus.
Comportamento: Normalmente fria e taciturna.
É anarquista, ou prefere entrar para um clã? o clã seria uma boa.
Se prefere um clã, qual acha que seu personagem melhor se encaixa? Karnstein

avatar
Ahsley Bristol

Mensagens : 22
Data de inscrição : 01/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Alessandro Caffarelli em Ter Fev 03, 2009 4:34 pm

Dados do player

Nome: Fauzi
E-mail (hotmail): lokimontese@gmail.com
Idade: 20
Cidade: São Paulo
Como conheceu Sallen's Tales: fortuitamente

Dados do personagem

Nome completo: Alessandro Caffarelli
Idade: 34
Raça (vampiro ou caçador): caçador
Nacionalidade: italiano
Avatar: Nicholas Cage

Características psicológicas: introspectivo, perceptivo, desanimado, demente
Características físicas: franzino, feio, descabelado, olheiras, inexpressivo

Historia:

Alessandro fugiu de casa cedo, sem motivo, ele simplesmente não se ajustava. Aos 20 anos, uniu-se a uma caravana de ciganos e assim peregrinou pela Europa. Inteligente, sempre aprendeu muito rápido e por isso a escola não lhe fez falta.

Alguma coisa acontece com Alessandro que ele não tem muita motivação própria, alguns dizem que é questão dele tomar vitaminas e alguns complexos de aminoácidos. Outros dizem que é encosto. Outros que falta uma pedaço da parte posterior do encéfalo.

Ele se dava bem com os ciganos, até que, em Praga, um homossexual do clã resolveu olhá-lo torto por puro despeito, já que Alessandro não lhe dava bola, e deu os cinco minutos no italiano que ele berrou "Assim não dá mais", sumindo no mundo em seguida. Ele conseguiu um revólver de um mendigo trambiqueiro e com isso tentou assaltar o banco nacional. Foi preso. Ficou cinco anos na prisão até que a alegação de insanidade do advogado pegou em terceira instância, quando Alessandro começou a exigir estrume todos os dias para a janta. Finalmente o enfermeiro do manicômio judiciário resolveu tentar oferecer esterco de bode para ele e Alessandro lhe enfiou o prato na cara gritando "É assim que você trata o Conde Drácula?"

Um caçador de vampiros falido e senil, Biddick Bee Borek, mais famoso por ter uma prótese de madeira no lugar da perna esquerda do que por seus feitos como caçador, leu sobre o incidente no jornal e passou a visitar Alessandro, acreditando que ele era, com efeito, o Conde Drácula, devido ao esmero com que o mesmo reproduzia o jeito de falar transilvânico (apenas maculado pelo pronunciado sotaque italiano de Alessandro) e aos dentes postiços de vampiro. Borek queria levar a cabo uma pesquisa e concluir seu livro sobre "As aventuras do Conde Drácula no espaço sideral". Em uma das conversas, mascando um chiclete, Alessandro se traiu ao soprar uma bolha e tentar remover a goma dos lábios, acabando por puxar junto os dentes postiços sem querer.

O caçador então ficou meio desapontado, mas disse que, nesse caso, não sendo ele o Drácula, poderia pelo menos tentar caçar o próprio. Alessandro concordou e Borek o tirou do manicômio numa fuga em que sua perna de pau ficou para trás. O diretor do manicômio, de vingança pela fuga, a entregou aos cupins num ritual macabro em que invocava também o fogo e enxofre, mas só o enxofre foi enviado pelas hostes das trevas, já que seu assistente fizera uma refeição apocalipticamente indigesta naquela noite.

Borek levou Alessandro até o castelo do Drácula, que já na época não passava de um museu, e o italiano capturou um dos seguranças, que está na gaiola de Borek, para testes, até hoje. Borek tem a teoria de que se você alimentar um vampiro somente com farinha de trigo sarraceno e placenta de cabra, ele voltará a ser humano. Alessandro fugiu com a cabra e desde então se dedica a caçar outros vampiros perigosos.
avatar
Alessandro Caffarelli

Mensagens : 6
Data de inscrição : 03/02/2009
Idade : 43

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Gwen Ashanti Jones em Qui Fev 05, 2009 4:57 pm

Dados do player

Nome: Mariana
E-mail (hotmail): mariana.silveiradasilva@hotmail.com
Idade: 18
Cidade: São Leopoldo
Como conheceu Sallen's Tales: Um sopro no ouvido

Dados do personagem

Nome completo: Gwen Ashanti Jones
Idade: 27 ou 140
Raça (vampiro ou caçador): Vampira
Nacionalidade: Africana/Americana
Avatar: Gabrielle Union

Características psicológicas: extrovertida, infantil, exigente, libertária
Características físicas: alta, magra, negra

Historia:

Gwen foi o nome que a criança lhe dera no período de início da guerra da secessão quando fora comprada por suas canelas finas e dentes perfeitos (por conta dos palitos de cenoura), pois o garotinho não conseguia pronunciar Ashanti, seu nome real.

Nos dois primeiros anos, apesar das visitas noturnas do Fazendeiro Sulista ao seu corpo, as coisas correram bem para aquela escrava sorridente e saltitante. Porém, quando do início da briga entre o Norte e o Sul, quando aos poucos tudo foi se perdendo, as pessoas morrendo aos borbotões, ela fora a primeira a ser lançada na rua, com a trouxa suja debaixo do braço.

Conheceu a sarjeta e os becos mais fétidos, até ser encontrada por um branco enorme, de olhos vermelhos e pele macia. Não, não era o coelho da páscoa.
Ele se chamava Rudoph Beckenseller Buttler-Toff James e usava cartola. Gwen, que começou a fazer mandingas e feitiços para que ele recuperasse seus negócios que incluíam cavalos, fazenda de algodão e jogatinas, teve a oportunidade de conhecer um mundo com mais água e sais para banho.

Um dia, entrando no quartinho de madeira e chão de barro onde guardava seus pós e ervas, encontrou seu amo e senhor em colóquio amoroso com outro homem. Este inclusive lhe beijava ardentemente o pescoço, grudado como um carrapato de pêlos pubianos.

Imediatamente Gwen/Ashanti, armada com um cabo de vassoura velho e um ramo de alecrim, bateu na cabeça do homem. Infelizmente, seu amo havia encontrado a morte.
Não tivera medo, enfrentando seu fim de cabeça erguida e expressão petulante. Foi a primeira vez que viu caninos tão grandes como aqueles. E não era o lobo, apesar de mau.

Seu abraço foi violento e forçado. O prazer que sentira logo dera lugar à raiva insana daquele ser vil. Era pior que a morte.

Foi aprender a alimentar-se corretamente muito adiante, após corpos destroçados e sangue desperdiçado. Aprendeu como se adequar à noite, manter-se segura durante o torpor, a contatar outros iguais a ela.

Desenvolveu sozinha suas habilidades orgulhando-se disso, orgulhando-se de não ser dependente nem ligada a clã algum, realmente. Era dona de si própria, finalmente.
A eternidade era o limite.

Idade aparente 27 anos
Como foi transformado: Na história do personagem consta.
Comportamento: Vampírico.
É anarquista, ou prefere entrar para um clã? Anarquista.
avatar
Gwen Ashanti Jones

Mensagens : 6
Data de inscrição : 05/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nathalie Minard Gabriel

Mensagem  Nathalie Gabriel em Qui Fev 05, 2009 7:19 pm

Ficha de Inscrição.


Dados do player

Nome: Alice neh? ^^
E-mail (hotmail): alicemarques61@hotmail.com
Idade: 20
Cidade: Contagem...
Como conheceu Sallen's Tales: Jen ^^

Dados do personagem

Nome completo: Nathalie Minard Gabriel
Idade: 24
Raça (vampiro ou caçador): Caçadora
Nacionalidade: Americana
Avatar: Lauren Cohan

Características psicológicas: Fria, astuta, sanguinária, mortal, viril, sagaz, justa, inteligente, usa raciocínio lógico com uma precisão maestrosa. Complacente com certas coisas, mas rígida demais com outras, assassina fria ao extremo. Completamente sem coração e extremamente resistente à dor e torturas em geral.
Características físicas: Loira, cabelos lhe tocam o meio da costa, esbelta, olhos perolados, num bonito tom marron-esverdeado, alta, possui passos firmes.


Historia:

O pior demônio caçador de criaturas da noite que jamais surgiu sobre a terra.
O ser que estava confinado a passar o resto de sua vida na pele a estonteante Nathalie.

Quando criança, Nathalie teve uma infância normal. Mas foi no alto de seus 17 anos que ela conheceu a morte de perto. Seus pais, fazendeiros de Kent, nos Estados Unidos, foram assassinados por uma besta que até o momento para ela, era apenas uma 'coisa de contos de fadas'. Um vampiro malígno invadiu sua casa, matou seu pai e suas duas irmãs. Dando à ela vontade de vingar sua família.

Naquela época, Nath não compreendia como era possível que algo vivo precisasse de sangue humano para sobreviver. Foi enviada à um conselho de assistência social, que a mandou para uma espécie de colônia especializada em traumatologia. Nesta colônia, conheceu Logan, seu único amigo desde a morte dos pais.

Logan assim como ela, tinha tido a família assassinada pela mesma besta. Explicou à Nathalie tudo o que ela precisava saber para matar um vampiro, e deu à ela as armas necessárias.

Antes de sair do local, ela fez uma promessa à ele, mataria o maldito e voltaria para buscá-lo.

Vagou por todo o noroeste do país, quando encontrou o animal, matou-o sem dó nem piedade, seu coração havia sido corrompido pela maldade que estava tomando conta de si agora.

Quando voltou para buscar Logan, ele havia saído e não havia deixado rastros de sua existência. Mas já era tarde demais para Nathalie, ela havia descobrido o prazer de matar, o prazer de ter o sangue de um culpado nas mãos. Afinal de contas, todos os vampiros eram culpados, por tirar o sangue e as vidas de pessoas inocentes.

Ela entrou por um caminho sem volta e jurou matar tudo que não fosse humano neste mundo.

Descobriu por acidente a existência de uma cidade chamada Sallen´s. Parecia ser o local onde seus esforços seriam mais bem gastos.

Sem pensar duas vezes, partiu em direção ao local, fazendo jus ao carinhoso apelido de Nath Gabriel, pois não era o anjo Gabriel considerado como "o Iluminado", o que trás luz às trevas?


Idade aparente: 19 anos (rosto revelaria pura inocência, não fosse pela treva por trás dos olhos!)
Como foi transformado: História..
Comportamento: Sanguinarista (como a criadora...)
É anarquista, ou prefere entrar para um clã? Os Omegas seriam legais...
Se prefere um clã, qual acha que seu personagem melhor se encaixa? ...

----
Essa é a ficha de inscrição básica, se você quiser pode adicionar mais informações.

Bom, normalmente, anda com 3 armas à tira-colo (só tem duas mãos? Exato, mas nunca se sabe...)

Tem os reflexos de um felino astuto e presunçoso.

Fala pouco, mas sua voz, quando salta os lábios é mais cortante que sua espada.

Sabe diversos tipos de artes marciais, mas gosta mesmo de Ai-Ki-Dô.

Esteve em todos os países da Europa e em alguns da Ásia.

Come mais comida oriental que ocidental.

Já quebrou os dois braços e as duas pernas.

Tem uma tatoo com a foto da família...

Ahm, é alérgica a vampiros, prefere vê-los mortos.


Pronto, aguarde, logo seu personagem estará selecionado para um grupo (clãs, caçadores, omega, anarquistas) e você poderá jogar! Não se preocupe, a adm é formada por nerds que vivem no pc, então, será mais rápido do que você pensa ^^v
avatar
Nathalie Gabriel

Mensagens : 11
Data de inscrição : 05/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ficha de Inscrição

Mensagem  Ruby Moon em Sab Fev 07, 2009 9:00 am

Ficha de Inscrição.


Dados do player

Nome: Jéssica
E-mail (hotmail): jessica_bastard@hotmail.com
Idade:17
Cidade:Natal-Rio Grande do Norte
Como conheceu Sallen's Tales:

Dados do personagem

Nome completo: Ruby Moon
Idade: não se sabe ao certo, aparenta ter 19
Raça (vampiro ou caçador): Vampira
Nacionalidade: Japão
Avatar: Yukie Nakama

Características psicológicas: perturbada e egocentrica, ama a beleza de ver sangue, não tem medo do desconhecido, sendo ela um, adora sangue humano e não envergonha-se disso, porém é controlada e sabe o momento de atacar.
Características físicas: Morona, olhos castanhos, pele muito clara e muito bela, olhos "puxados" e pequenos, rosto com traços delicados e o corpo bem cuidado.


Historia: Ruby Moon nasciu no japão da era feudal, sua familia vivia numa aldeia muito pacata, até que um dia um jovem forasteiro chegou no lugar, ele era um homem muito belo, sua pele era clara e seus olhos negros e profundos chamavam a atenção de todos, ele pediu aos pais de Ruby para passar uma noite lá, pois o inverno já havia chegado e ele não podia ficar na neve, por que senão morreria de frio, os pais de Ruby eram muito bondosos e deixaram o estranho se instalar em sua casa, ninguém sabe ao certo o que aconteceu, Ruby tinha apenas 19 naquela epóca, estavam todos dormindo e em um instante todos apareceram mortos no dia seguinte, apenas uma pessoa da familia sobreviveu, ela não lembrava mais de sua família, não sabia mais quem eram seus pais, só sabia que estava machucada e qual era o seu nome, mais nada...ela havia perdido a sua memória e passou a sentir sede, porém uma sede em um liquido peculiar, o liquido da vida, sangue humano, passou a caçar as pessoas da aldeia e a sugar seu sangue, até que seus corpos se tornassem inertes, caçava uma vez por semana, porém precisou se mudar, pois sua aldeia estava mudando e não tardariam a perceber sua presença, com o passar dos séculos, sua aparencia continuava a mesma e ela vagava pela terra. indo de norte a sul a procura de um logar que pudesse ser o seu "lar", encontrando assim Sallen, onde se instalou e percebeu que ali era o seu lugar, onde o que mais a atraia estava bem perto, o perigo e a caça certa, humanos deliciosos prontos para o abate, algo que a agradava em demasia...

[- Para vampiros, responder também - ]

Idade aparente: 19
Como foi transformado: foi atacada durante a noite, não lembra do rosto do seu agressor
Comportamento: calma, porém quando sente fome se descontrola parciamente, encurralando sua vitima num beco escuro, ou dentro da floresta.
É anarquista, ou prefere entrar para um clã? sente-se bem andando com algumas pessoas
Se prefere um clã, qual acha que seu personagem melhor se encaixa? (não garantimos que seu personagem irá para o clã que você gostaria, por isso, pedimos para explicar o máximo possível sobre ele, para que possamos tomar uma decisão justa).
Ela pode se encaixar nos clãs onde o sangue humano é primordial, pois presa sua beleza e quer mantê-la sempre a mesma, não tenho um clã definido para ela.

Outras coisas menos importantes:

Ela adora a cor do sangue, vermelho e a cor da noite, o negro...Sua hora favorita é às 20:00, adora nadar sob a luz do luar, canta algumas musicas para se acalmar, quando fica nervosa sente sede, não teme a morte, pois a mesma já a conhece e são como amigas de infancia, esconde-se bem, adapta-se melhor que qualquer outro ser, sabe todos os tipos de artes marciais(já que é japonesa, ela foi obrigada e estudar isso), é muito boa com a espada e gosta de gatos, sua comida preferida, fora humanos, é o sushi...
avatar
Ruby Moon

Mensagens : 22
Data de inscrição : 07/02/2009
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Katherine A. Halliday em Sab Fev 07, 2009 2:37 pm

Dados do player

Nome: Leh Moraes
E-mail (hotmail): leticiamoraes13@hotmail.com ~> Se for add, por favor diga que é daqui xD
Idade: 13
Cidade: Divinópolis
Como conheceu Sallen's Tales: Através do orkut xD

Dados do personagem

Nome completo: Katerine Austen Halliday
Idade: 107, pelo menos é o que a jovem acha.
Raça: Vampira
Nacionalidade: Katherine nascera em Londres
Avatar: Megan Fox

Características psicológicas: Katherine é uma garota calma, sua inteligência se destaca mais do que o normal e tem certa facilidade em fazer amigos, pelo menos tinha antes de se tornar uma vampira.

Características físicas: Morena, possui os cabelos negros como a noite, e os olhos muito azuis. É uma jovem que possui curvas no corpo, porém não muito exageradas, possui 1,68 de altura, e pesa 52 kg.


Historia:

*Nascimento*

Há alguns anos atrás, Tracy Austen entrava em trabalho de parto, quanto mais sentia as contrações, mais ela gritava. Uma mulher de cabelos grisalhos, que aparentava ter a vida muito sofrida, que na época era chamada de parteira, fizera o parto da jovem moça. Não demorara muito e nascera uma menina, de cabelos negros como a noite, berrando o máximo que seus pulmões frágeis e nunca utilizados antes permitiam. Tracy sentira uma imensa alegria quando sua primogênita fora pela primeira vez parar em seus braços, ainda toda ensanguentada. Como instinto materno, Tracy ignorara o quão suja estava sua filha, e a dera um beijo em sua testa.
*Infância*

Katherine sempre tivera uma infância repleta de amigos, ela sempre se dedicava muito aos estudos, pois ela valorizava o esforço que seu pai fazia ao investir na educação da jovem. A garota era o orgulho de sua mãe, que sempre dava conselhos, broncas, enfim coisas normais de mãe. Certa vez, Edward, seu pai, tivera que fazer uma viagem para a África, a fim de ajudar a inventar curas para várias doenças que lá haviam, e sua família não poderia acompanhá-lo. Esta seria uma viajem que poderia durar semanas, meses ou até mesmo vários anos.
Dois meses depois, Katherine recebera a trágica notícia de que seu pai havia falecido, de que ninguém sabia responder, mas a jovem descobriria com toda a certeza. Isso se tornara um de seus propósitos na vida, descobrir de que seu pai falecera.

*Adolescência*

Katherine levava uma vida normal, mesmo sentindo saudades de seu pai, ela tentava se mostrar forte para não deprimir sua mãe mais ainda. Após a morte de Edward, Tracy nunca tivera relações, ou se apaixonara por outro homem, não que Katherine sabia, mas as escondidas já é outro caso.
Houve uma noite que a jovem inglesa estudava à noite, e sempre ela tinha apenas um caminho para voltar para casa, que no horário que sua aula acabava, ficava muito escuro e deserto. Neste dia, escutava-se apenas o barulho das folhas das árvores balançar com o vento. Katherine que andava a passos lentos com seus cadernos em mãos, repentinamente sentira algo derrubá-la. A jovem que na tentativa de começar a correr, caíra, e algo lhe segurava pelo braço com força, e logo lhe imobilizara. Kate apenas conseguira ver a silhueta de uma pessoa, ou talvez não fosse uma pessoa, e sem mais demora esta “pessoa” lhe segurara pelo pescoço, e a mordera. A garota soltara um grito, e sentia seu pescoço latejando. Kate não tinha mais dúvidas, ela fora atacada por um vampiro. Pouco depois, o vampiro a abandonara ali mesmo, deixando a moça caída pelo chão, e desmaiada. Seus cadernos estavam longe da jovem, eles haviam caído no momento em que ela relutava contra o vampiro. Cerca de uma hora depois, a jovem acordara com uma tremenda dor na cabeça. Kate levara a mão na cabeça, e pegara seus cadernos, ela queria sair dali o mais rápido possível. E assim a garota fizera. Ao contar para sua mãe o ocorrido, ela lhe expulsara de casa, mesmo não sendo culpa da garota. As duas promoveram uma grande dscussão, e Kate ao ficar nervosa, sentira um imenso desejo por sangue, este desejo já se tornava uma necessidade que tomava conta de todos os seus membros, cada vez mais essa sensação aumentava. A garota chegara a um certo ponto que não conseguia mais se controlar, e atacara sua mãe. Naquele estado a jovem já não reconhecia a mesma como parente, apenas como um alvo fácil, uma presa. Quanto mais ela chupava todo o sangue existente dentro daquela mulher, mais ela queria tomá-lo. Com a boca toda ensanguentada, a jovem inglesa percebera o que havia feito, e saíra dali rapidamente. Desde então ela tem procurado por um lugar onde ela poderia tentar manter esse desejo por sangue longe de sua pessoa.
*Peculiaridades*

Idade aparente: 17 anos
Como foi transformado: Leia a história ok’s?
Comportamento: Kate não sai mais ao sol, não que já venha se queimado, mas é por puro precaução. A garota ainda não consegue se controlar muito bem, principlamente quando fica nervosa. A jovem inglesa se alimenta de sangue humano quando tem a oportunidade, mas na maioria das vezes se alimenta apenas de animais.
É anarquista, ou prefere entrar para um clã? Um clã.
Se prefere um clã, qual acha que seu personagem melhor se encaixa? Deixo à escolha da Adm xD

Katherine A. Halliday

Mensagens : 2
Data de inscrição : 07/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Gala Twigger em Seg Fev 09, 2009 11:09 pm

Ficha de Inscrição.


Dados do player

Nome:
Ana Paula Ribeiro
E-mail (hotmail): anapaulacin@hotmail.com
Idade: 21
Cidade: Cuiabá[/b]
Como conheceu Sallen's Tales: Alice.

Dados do personagem

Nome completo:
Gala Twigger[/right]
Idade: 601
Raça (vampiro ou caçador): Vampiro
Nacionalidade: Suíça
Avatar: Anna Popplewell


Características psicológicas:

Observadora, reservada, discreta o quanto pode. Mas seu característica marcante é a determinação, busca alcançar seus objetivos e não tem medo de se arriscar por eles. Sempre foi amável e graciosa. Está saindo de um processo depressivo pela perda de tudo o que ela considerava vital, Lyon. Aloja-se em sua “alma”, se é que possui uma, sua única certeza, VINGANÇA. Seja sincero com você mesmo ao se aproximar dela.

Características físicas:

Sua pele é acinzentada, sem brilho, sem vida, de aparência frágil e em pedaços. Seus cabelo é castanho médio, fios ouriçados e longos. Olhos azuis como os raios do mais profundo e enegrecido mar. Sua aparência apesar de obscura e debilitada por seus hábitos alimentares único e exclusivamente animal, não obstrui a rara beleza da jovem, que atrai olhares hipnotizados.
1,68m . Porte físico sem nenhuma particularidade, e total desconhecimento de seus poderes físicos.



Historia:

Gala tem uma história muito interessante, por assim dizer. Meio fora do comum, mas sem final feliz. Vivia em uma terra feudal com sua humilde família, próximo da região que hoje conhecemos como Suíça. Era início do século XV, próximo do ano de 1408, quando ela nasceu, Gleen Frossard foi seu nome por muitos e muitos anos. Uma criança com traços delicados e graciosos. Na adolescência era dotada de uma beleza clássica, pele clara, olhos azuis como a seda que vestia as elegantes damas, cabelos oleosos caiam por sobre o ombro e iam até a cintura, cor de terra e ondulados. Linda.
Trabalhava com sua mãe na mansão senhorial, era apaixonada pelo filho de seu senhor. Uma paixão antiga e alimentada durante anos com muito gosto. Se conheciam até, mas tinham pouco contato, ele mais velho cerca de cinco anos ou seis anos. Eventualmente dividiam momentos de brincadeira no bosque, e mesma na cachoeira da propriedade. O desejo por ela surgiu. Ele era encantador, sua pele acinzentada, o cabelo negro e cacheado, seus olhos verdes fortes e transparentes, enormes cílios que margeavam esmeraldas. Um anjo caído. Irresistível aos olhos das damas burguesas, ainda solteiras.
Fugiram. Única solução para um casal de classes tão desiguais, se esperassem poderia ser tarde demais, as tradições chegariam cedo com os casamentos arranjados e teriam de seguir caminhos opostos. Eram tão novos, mas teriam que ser assim.
Durante muito tempo viveram com a única coisa que era-lhes vital, o amor. Até que encontraram um viajante, assim como eles. Estranhamente interessado, ele parecia entender e saber mais que os próprios jovens o quanto a energia desse amor era forte. Aproveitaram para caçar alimento e conheceram melhor o ser que lhes mudaria a história. Sim, Simon era um vampiro. Não, ele não era agressivo e nem tinha sede de sangue humano.
Com uma proposta tentadora , vida eterna a sonhadores tão infantis , ele confessou que precisava de companhia. Seria bom aproximar-se de “pessoas“ , não perder a familiaridade, nem tornar-se hostil. Explicou-lhes sobre seus hábitos modestos com relação a alimentação, o que muito agradou ao casal. Os animais forneciam energia suficiente para sobreviver, mas sua aparecia era taciturna, vazia, seu corpo parecia peça de museu, e a voz era fina e inexpressiva. Mas Gleen e Lyon não hesitaram em aceitar a oferta. Foram transformados. Juntos, os três vampiros percorreram o mundo, e muito se amaram.
A vida a após a ligeira morte era melhor que qualquer expectativa. Até que chegaram em uma cidade em guerra. Vampiros X Humanos. Humanos X Vampiros. Desinteressados, planejavam deixar Sallen o mais breve possível. Mal sabiam, era tarde demais.
Uma emboscada acabou por dilacerar seu coração. Assistiu os dois homens, seus dois amores serem aniquilados por uma raça de caçadores sangrentos. Sobreviveu ao conseguir fugir. Escondeu-se em uma montanha próxima à floresta. Levou alguns anos para recuperar-se, não dos traumas físicos, estes sararam rápido, mas da perda de fonte vital, a razão de sua imortalidade e de sua felicidade. Ela sentiu que perdeu tudo. Estava vazia.
Revoltada, foi a procura de um clã, sabia da existência de alguns por aquela região. Precisava encontrar com outros de sua espécie, estava desesperada, precisava conhecer seus limites, sua força , seus poderes . Treinar suas habilidades e montar sua estratégia. Ela iria resistir e precisava superar a dor. Se concentrar em sua vingança.
Matar humanos? - Se necessário
Se alimentar deles? - Se necessário
Desistir ? - Jamais
Gleen morreu com o único ser vivo que a possuiu. Nasce agora: Gala Twigger.



[- Para vampiros, responder também - ]

Idade aparente: 16 anos.
Como foi transformado: [/b]Simon
Comportamento:
Oscilante. Amável - Vingativo
É anarquista, ou prefere entrar para um clã?
Um clã talvez seja o que ela busca.
Se prefere um clã, qual acha que seu personagem melhor se encaixa? [b]Talvez Karnstein ajudasse ela a se conhecer como vampiro, mas com certeza teria mais facilidade em se acertar com Calaham, por seus hábitos alimentares. Por tanto, podem escolher onde acham melhor ela se fixar. ^^
avatar
Gala Twigger

Mensagens : 3
Data de inscrição : 05/02/2009
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Cristof Daemon em Qua Fev 11, 2009 6:56 am

Ficha de Inscrição.


Dados do player


Nome: Jéssica

E-mail (hotmail):jessica_bastard@hotmail.com

Idade: 17

Cidade: Natal-RN

Como conheceu Sallen's Tales: por Alice

Dados do personagem

Nome completo: Cristof Daemon

Idade: Aparentemente 20 anos

Raça (vampiro ou caçador): Vampiro

Nacionalidade: Japão

Avatar: Takeshi Kaneshiro

Características psicológicas:

Frio, calculista, possessivo, perturbado, mas muito educado e calmo às vezes

Características físicas:
Moreno, alto, pele clara, porte atletico e olhos negros penetrantes.


Historia:

A história dele começa quando se apaixonou perdidamente por uma bela mulher, ele tinha 20 anos de idade naquela epóca, a mulher era muito bela, seu rosto era redondo e muito bonito, cabelos negros e belos olhos castanhos, sua pele muito clara chamava atenção, deixando-a mais bela, ela era única ao seu ver, o único problema era que não se lembrava de seu passado, nem de quem era, certo dia essa mulher o beijou e disse.

"serás meu por toda a eternidade, se quiseres venha comigo, senão fique e me esqueça".

Ele não quis saber em deixá-la e descidiu ir com ela, então ela o mostrou que não era comum, mostrou ser um ser da noite, uma vampira, pediu para que ele não tivesse medo, pois ela não o morderia ou machucaria de alguma forma.

Uma certa noite, quando eles estavam caminhando pela floresta, foram atacados por ladrões que queria o ouro que eles tinham, como ela já havia se alimentado aquela semana, não queria matar mais ninguém, ele era um samurai e não permitiria ser roubado e enfrentou os homens, que o feriram mortalmente, a mulher que o acompanhava, a vampira que ele amava, matou os homens e salvou sua vida, dando-lhe o dom da vida eterna, assim como ela.

Ela o deixa adormecido por um tempo dizendo que assim que ele acordasse deveria encontrá-la, ela deixaria com ele um rastro de seus passos e ele deveria segui-la depois, mas deveria alimentar-se semanalmente, para não ser pego e deveria se esconder perfeitamente bem, para que ninguém o visse.

Ela estava com sua espada, pois ele não precisaria dela enquanto estivesse adormecido, mas logo ele acordou-se e foi procurá-la.

Fez exatamente tudo o que ela lhe contou, alimentou-se de sangue humano apenas uma vez na semana, o que o deixava sempre muito bonito, enquanto ns outros dias comia normalmente, como humano, como não queria deixar rastros decidiu matar as testemunhas de seus assassinatos, para que ninguém descobrisse que ele era um vampiro, sabia se relacionar bem com as pessoas e graças ao seu treinamento samurai sabia esconder seus poderes e sua aura maligna e conseguia controlar o animal que aggora habitava o seu ser.

Ele ouve falar de uma cidade onde os moradores eram como rebanho para os vampiros e ele soube que sua amada estaria nesse lugar, para o qual ele segue, era Sallen, ele sabia que a encontraria lá, só não sabia por que tinha tanta certeza disso.



[- Para vampiros, responder também - ]

Idade aparente: 20

Como foi transformado: foi mordido por Ruby Moon

Comportamento: Calmo e passivo, quando encontra uma vitima a ataca sem piedade quando vê a morte proxima a sua vitima, pode ser frio e calculista para poder saciar sua sede, principalmente atacado sem motivo, ataca um humano por semana, sabe controlar sua aura e sua sede.

É anarquista, ou prefere entrar para um clã? prefiro um clã

Se prefere um clã, qual acha que seu personagem melhor se encaixa? (não garantimos que seu personagem irá para o clã que você gostaria, por isso, pedimos para explicar o máximo possível sobre ele, para que possamos tomar uma decisão justa).
Karnstein
avatar
Cristof Daemon

Mensagens : 12
Data de inscrição : 11/02/2009
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Chimaru San em Qua Fev 18, 2009 9:43 am

Ficha de Inscrição

Dados do player

*Nome: Sérgio Meneses
*E-mail (hotmail): sergimmeneses1982@hotmail.com
*Idade:27
*Cidade:Teresina
*Como conheceu Sallen's Tales: Por Jéssica

Dados do personagem

*Nome completo: Chimaru San
*Idade: Indefinida
*Raça (vampiro ou caçador): Vampiro
*Nacionalidade: Japones
*Avatar: Kato Shigeaki
*Características psicológicas:
Frio, calculista, experiente em lutas, a procura do responsável que matou sua família, talvez, vingativo, teimoso, as vezes simpáticos ou antipático, nao aceita derrotas, pois um samurai derrotado é sua própria morte.

*Características físicas:
Moreno, cabelos curtos e picotados, olhos castanhos penetrantes, pele clara, boca bem desenhada, rosto bem definido, mas com aparecia delicada

Historia:
Tinha apenas 15 anos quando tudo aconteceu, morava em um lugar pacífico, onde todos se ajudavam e não se importavam com o dinheiro, importavam-se apenas em ajudar, então em um dia como qualquer outro naquele lugar, um homem muito esquisito chega pedindo ajuda, a família de Chimaru era muito bondosa, ele e seus irmão ajudaram o homem a entrar em sua casa e seus pais lhe deram o que comer, nessa mesma noite o tal forasteiro atacou toda a família de Chimaru, ele era um vampiro, um maldito vampiro sem coração, ele matoutodos da família menos Chimaru, ao qual ele apenas transformou em vampiro, dando-lhe a imortalidade e um ódio profundo.
Chimaru caçou esse vampiro por todos os lugares, até que um dia o encontrou e pode matá-lo, nesse dia ele pode vingar toda a sua família, mas ainda assim não sussegou, agora era um ser das trevas, um demônio e precisaria sobreviver, mesmo que tendo que fazer como o demônio que destruíu sua família, agora ele tornara-se tão ruim quanto o monstro que um dia ajudara, quem sabe até tenha tornado-se pior, pois não se importava em matar vampiros ou humanos.
É quando um dia chega em Sallen, a cidade dos vampiros, lá ele precisava se misturar e decide fazer isso fingindo ser humano, mas ao mesmo tempo não se misturando totalmente, precisava se refugiar, mas também preferia ficar sozinho, pois não precisava de mais ninguém, senão ele mesmo.


[- Para vampiros, responder também - ]
*Idade aparente: 21 anos
*Como foi transformado: De um modo trágico, embora que foi o único a sobreviver de um massacre, com seus gritos de dor e desespero, prometeu a sua família morta perante seus olhos, vigança, e aos 17 anos de idade, foi atrás daquele(a) criatura que fez, ele, seguir o caminho da espada com lágrimas de sangue.
*Comportamento: Tem dias que é agressivo e outros pasivo, no entanto, diariamente, é calmo e pensativo com um olhar triste e esquecido no tempo, so briga se é ameaçado e muito cuidadoso com as outras pessoas para não se machucar.
*É anarquista, ou prefere entrar para um clã?
Se prefere um clã, qual acha que seu personagem melhor se encaixa? (não garantimos que seu personagem irá para o clã que você gostaria, por isso, pedimos para explicar o máximo possível sobre ele, para que possamos tomar uma decisão justa).

Anarquista [por enquanto]
avatar
Chimaru San

Mensagens : 2
Data de inscrição : 16/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Spike(y)

Mensagem  Willian Acker Dennisof em Sex Fev 20, 2009 11:38 pm

Ficha de Inscrição.


Dados do player

Nome:Alice
E-mail (hotmail):alicemarques61@hotmail.com
Idade:20
Cidade:Contagem
Como conheceu Sallen's Tales:Jen^^

Dados do personagem

Nome completo: Willian Acker Richards Dennisof
Idade: 267 anos
Raça (vampiro ou caçador): Vampiro
Nacionalidade: Francês
Avatar: Jasmes Masters

Características psicológicas:
Frio, calculista, inteligente, sarcástico, duro, cruel, astuto, sagaz, sedutor, cético, engraçado, sentimental, egocêntrico, infiel e sempre sedento.

Características físicas:
1,80 cm com músculos extremamente bem distribuídos, seus olhos são azuis como um lago claro num dia de calor, seus cabelos platinados sempre reluzem à qualquer luz que seja, está sempre preocupado com o ‘visual’, diz que uma roupa é tudo, mas está sempre e apenas de preto e sua boca sedutora, pode formar do mais lindo sorriso ao pior arrepio em suas vítimas com as garras pontiagudas.


Historia:Dor, muita dor. Aos outros.

Willian estava sempre à dez passos de seu tempo, nunca aceitava ordens e não deixava de entrar numa briga. E também não deixava barato qualquer ofensa contra si, mesmo que fosse apenas verbal.

Tinha uma vida relativamente tranqüila, até o dia em que conheceu um famoso vampiro. Duelaram e como prêmio, valia a vida. Willian perdeu não apenas a luta, mas também sua sanidade e sua vida. Sendo transformado assim em vampiro, por uma lenda européia, chamada Ângelus. Como sempre teve muito apego à condição humana viciosa, aprendeu a viver como vampiro um tanto quanto rápido. Sempre matando a todos que queria sem se preocupar com a distinção de raça cor ou sexo. Sempre dera preferência às virgens por ventura. “O sagrado sangue intocado!”

Mudando-se e seguindo quem o transformara por toda a Europa, até o dia em que Ângelus decidiu firmar-se numa pequena província inglesa. Ele dizia não saber o que estava acontecendo.

Willian Destruidor, ou Destróier, como ficou conhecido por algum tempo, só perdia para o mestre, tanto em crueldade, quanto em fome. Sempre procurando supera-lo, mesmo que não admitisse, nem para ele mesmo.

Muito tempo se passou desde que Destróier fosse visto. Se tornou mito assim como Ângelus, trocando assim de nome, para ser apelidado por Sanguinário, ou Spike “Aquele que tem o dom da besta e não teme controla-la!”.

Retornou à real condição ativa em meados dos anos 90, no Brasil, ex-provincia de Portugal, país com estreitas ligações com sua terra natal. Fazendo uma enorme chacina e dizimando uma aldeia de índios em menos de 3 dias.

Ouvira por alto de alguns comerciantes de drogas, que existia um lugar sem leis e sem ordem, chamado Sallen´s Talles, além de querer conferir por conta própria as pequeninas criaturas que habitavam o local, ficou extremamente interessado que o objeto de ‘amor’ temporário de Ângelus tivesse ido para aquele lugar.

“Talvez seja uma boa idéia fazer uma pequena visita à pequena Senhora Ângelus...”

Sendo assim, partiu em direção à essa terra de forasteiros malucos. Mal chegando, reparou que o lugar além de fortemente guardado, era muito bem vigiado, havia caçadores por todos os lados. E era praticamente impossível entrar sem ser percebido. Então entrou com força total.

-Querem um pedaço de mim suas vacas? Vocês são gado, e adivinhem? Cheguei para o abate.




[- Para vampiros, responder também - ]

Idade aparente 22 bem vividos docinho...
Como foi transformado: Meu progenitor filho da mãe.
Comportamento: agressivo, compulsivo, rebelde, repulsivo... Uma máquina de matar
É anarquista, ou prefere entrar para um clã? Decidam-se

Curiosidades:

-Willian foi conhecido como O Sanguinário, para fazer piada, Ângelus o chamava Little Bloody.
-Tem o ‘poder’ de causar a escuridão completa dos ambientes nos quais esteja.
-Sua sede de sangue é ilimitada, segundo ele próprio.
-Dificilmente fala.

That´s all!

avatar
Willian Acker Dennisof

Mensagens : 4
Data de inscrição : 20/02/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kish

Mensagem  Kish Ikisatashi em Qui Mar 12, 2009 10:12 pm

Ficha de Inscrição.


Dados do player

Nome: Bianca (Biyah, ou Chii-chan, para os mais chegados ^.^)
E-mail (hotmail): biyah.auria@hotmail.com
Idade: 14
Cidade: Porto Alegre
Como conheceu Sallen's Tales: Eu sou a Mini-Rochadel (um "boo" para quem não entendeu a piada Razz )

Dados do personagem

Nome completo: Kish Ikisatashi
Idade: 441 aninhos Very Happy
Raça (vampiro ou caçador): Vampiro
Nacionalidade: Japonês
Avatar: Shou (cantor da banda Alice Nine)

Características psicológicas: Brincalhão, infantil, bobalhão , irritantemente entusiasmado e otimista. Kish pode ser a pessoa mais possessiva de todas. Ele adora ter tudo o que gosta perto dele, e odeia que se quer toquem em algo seu.
Kish não leva a sério os sentimentos das outras pessoas, e encara sua existência apenas como um jogo muito divertido.
Ele pode parecer inofensivo e até tolo pela sua personalidade extremamente infantil, mas ele é um ser sem arrependimentos muito cruel, que também sabe ser muito arrogante e debochado.

Características físicas: Kish não é um cara bombado, mas também não é magricela. Ele tem alguns músculos aparentes, mas nada que chame muita atenção. Ele normalmente tem cabelos bem desajeitados, arrepiados para todos os lados. Os olhos dele são castanhos escuros, com um leve tom roxo. Ele tem lábios grossos, e olhos grandes, o que lhe dá um ar de ainda mais criança.
As sobrancelhas de Kish são muito pequenas e muito finas, extremamente viradas para baixo, o que faz com que qualquer sorriso sincero dele se transforme em um sorrisinho vanglorioso.



Historia:
Kish foi um bebê deixado nas portas de um templo de monges de Ikko, após seu vilarejo ser queimado por soldados de Nobunaga Oda.
Ele viveu lá até os dez anos, quando mais uma vez, os soldados de Nobunaga destruiram seu lar. Apenas Kish saiu vivo do templo em chamas.

Ele passou quatro anos em um outro vilarejo, e ficou muito amigo de um capitão de tropas de guerra chamado Haruo Ikisatashi.

Após um tempo, algum paticipante do clã de Nobunaga contou para os moradores do vilarejo que os soldados de Nobunaga iriam queimar aquele vilarejo em algumas semanas.

Todos se prepararam para a pequena guerra, inclusive Kish.

No meio da batalha, Kish recebeu um golpe fatal nas costas, e estava prestes a morrer, quando Haruo lhe puxou para uma floresta que havia alí perto, lhe moredeu o pescoço, e o fez beber algumas gotas do próprio sangue, revelando ser um legítimo vampiro.

Kish desmaiou na floresta e quando acordou seu atual vilarejo já havia sido completamente destruído e não havia nenhum sinal de Haruo.

Ele começou a procurar todas as informações possíveis para aprender a ser um vampiro cada vez mais poderoso e destuir Nobunaga.

Porém, Nobunaga foi morto por Akechi Mitsuhide, um dos seus principais generais.

Kish decidiu levar sua vida na pura diversão. Não se importando com nada ou ninguém além dele mesmo.

Após ter vivido de tudo, ele simplesmente se sentiu entediado, e resolveu procurar por algo novo.

A cidade de Sallen parecia um convite tentador para criar cada vez mais confusão no local...
(Eu vou postar toda a história dele mais tarde...)


Idade aparente: 15 anos.
Como foi transformado: Foi transformado em meio a uma batalha contra os soldados de Nobunaga Oda, que estavam prestes a destruir seu atual vilarejo. O capitão da tropa de defesa era na verdade um vampiro, que ao ver Kish prestes a morrer o arrastou até a floresta e lhe transformou. Kish desmaiou e seu capitão sumiu, lhe deixando sozinho com o vilarejo completamente destruído e queimado quando ele acordara.

Comportamento: Bebe sangue humano, pois assim é mais divertido Rolling Eyes

É anarquista, ou prefere entrar para um clã?: Com certeza, anarquista, por que ele não agüentaria viver servindo as necessidades e vontades de outro alguém.


Outras informações:
\o/ - > Kish não se lembra de seu primeiro nome.
\o/ - > Ele quase sempre foi ladrão, independente de que tipo. Já foi até pirata.
\o/ - > Ele sabe quase tudo que acha divertido. (Matemática não está incluida nesta lista).
\o/ - > Uma das coisas que Kish mais gosta de fazer é jogar videogames roubados.
\o/ - > Kish já foi um rei da máfia.
\o/ - > Ele sabe dirigir carros, caminhões, motos, e etc... mas seu favorito é velejar.
\o/ - > Ele tem medo de lagartos (Kawaii!!! *_____*)
\o/ - > Ele é virgem
\o/ - > A coisa que Kish mais gosta de fazer, é causar problemas e irritar as pessoas.
\o/ - > Ele sabe cantar Smile






avatar
Kish Ikisatashi

Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/12/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Agnes Wilson em Ter Abr 21, 2009 9:54 am



Dados do player:
Mesma de Sebastian

Dados do personagem

Nome completo: Agnes Wilson
Idade: 250
Raça (vampiro ou caçador): Vampira
Nacionalidade: Inglesa
Avatar: Abigail Breslin

Características psicológicas:
Arrogante, egoísta, fria, de poucos amigos, sonhadora, rainha de seu próprio mundo. Não costuma se irritar fácil, mas sua ira é avassaladora. Não faz nada a não ser que tenha certeza que irá ser recompensada por isso. Quando está entre vampiros, é uma verdadeira dama, inteligente, discreta e segura de si. Quando está com humanos, gosta de se aproveitar de sua aparência para se divertir com suas vitimas, vê-los procurando a mãe que não existe, comprando doces que ela nunca irá comer. Às vezes se aproveita também de vampiros que ela considera ingênuos e fracos.

Características físicas:
Apesar da desvantagem de sua forma, ainda é mais forte do que um humano adulto e extremamente ágil. Cabelos loiros sempre bem escovados até o ombro. Quase sempre possui uma aparência inocente, quem vê não desconfia do que ela é capaz.

História:
Agnes saiu correndo de casa aos quatro anos, após ter apanhado do pai. Ficou horas vagando perdida pelas ruas escuras, até que foi encontrada por um homem bem vestido, de pele pálida e longos cabelos negros, ele se apresentou como Edward e a convidou para morar com ele, prometendo a o melhor de tudo. Mas todo o luxo tinha uma condição, Agnes teria que dormir durante o dia e fazer companhia a Edward durante a noite, o que não era problema, em pouco tempo ela já tinha se acostumado com a rotina. Edward saia no começo da noite e voltava cerca de duas horas depois fedendo a sangue e sempre trazendo um novo vestido, boneca ou livro para Agnes. Edward passava a noite inteira a ensinando a ler, a tocar piano ou falando de seus planos para o futuro, que quando Agnes se tornasse mulher ela seria jovem e bonita para sempre, os dois ficariam juntos por toda a eternidade e que o mundo seria deles. Mas Agnes não queria crescer, e Edward tinha o poder para mantê-la criança para sempre, e assim o fez. Ele levava para ela todas as noites um humano qualquer, geralmente um morador de rua. Demoraram alguns anos para que Edward permitisse que ela saísse para caçar com ele.

Uma noite foram interrompidos pelo barulho de uma multidão, camponeses furiosos pronto para capturar o vampiro que assombrava aquele vilarejo. Agnes foi “salva”, pois acharam que ela era apenas mais uma vitima de Edward e foi levada embora, nunca soube o que realmente aconteceu com seu companheiro, mas a velha mansão tinha sido consumida pelas chamas. Foi mandada por um orfanato isolado do vilarejo e crianças começaram a sumir “misteriosamente”. Uma vez, enquanto se esforçava para manter a imagem de criança normal brincando debaixo do sol ouviu duas mulheres comentando sobre a estranha menina que não crescia, sequer dava sinais de envelhecimento. Alarmada,Agnes esperou impacientemente a noite chegar, e começou um massacre, bebeu sangue das crianças e das mulheres do orfanato até não agüentar mais, depois passou a somente matá-los um por um, até que não sobrasse uma única alma viva no orfanato. De manha ela já estava bem longe dali.

Depois disso foi andando de cidade em cidade, se fingindo de órfã e conseguindo abrigo em algumas famílias e as vezes sendo mandada para outros orfanatos. Sempre resultava na mesma coisa: a morte de todos os moradores da casa, o que permitia Agnes de ficar vários dias sem se alimentar. Depois de vários anos, ouviu histórias de uma cidade chamada Sallen, e sentiu que poderia criar raízes naquele lugar.

[- Para vampiros, responder também - ]

Idade aparente: Seis
Como foi transformado: Foi transformada por um amigo, quando disse a ele que queria ser criança para sempre.
Comportamento: Alimenta-se somente de sangue humano, normalmente simplesmente pula no pescoço da vitima e suga o sangue, mas também gosta de passar horas com suas vitimas, se fazendo de “pobre criança perdida” antes do bote.
É anarquista, ou prefere entrar para um clã? Levaine seria interessante...

avatar
Agnes Wilson

Mensagens : 2
Data de inscrição : 20/04/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inscrições

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum